Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT
Anúncio 01

Últimas Notícias

Imagem arquivo de Aripuanã/TopNews
O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) divulgou, há pouco, o boletim com a previsão de possibilidade de chuva nos próximos três dias no Noroeste de Mato Grosso, que compreende as regiões de Juína, Aripuanã, Brasnorte, Castanheira, Colniza, Cotriguaçu e Juruena.
Amanhã, na quarta e quinta-feiras deve ter temperatura mínima de 17º e chegar aos 40º com probabilidade de até 95% de chuvas nos sete municípios. Devem ter rajadas de ventos fracas e moderadas. As demais áreas ficará com tempo claro, parcialmente nublado e com névoa seca.
Conforme Só Notícias já informou, hoje também tem previsão de chuva em Colíder. A mínima é de 23º e máxima deve chegar aos 41º. Os ventos devem passar dos 16 quilômetros por hora. Ontem, choveu na região. Uma árvore chegou a cair após ventos fortes e interditou uma das pistas da MT-320.
A previsão para regiões de Guarantã do Norte e Marcelândia deve ser praticamente a mesma. Terá aumento de nuvens e os ventos devem chegar aos 15 quilômetros por hora.
Para Sinop e Sorriso, também tem previsão de pancadas de chuvas com temperatura máxima do 40º. Semana passada havia previsão de pancadas de chuvas isoladas mas não ocorreram.
O instituto informa também que Lucas do Rio Verde pode ter pancadas de chuvas à noite e podem chegar a 7 milímetros. A temperatura máxima chega a 40º e em Nova Mutum, que também deve ter chuvas isoladas, 39º.
Fonte: Só Notícias/Cleber Romero

Resultado de imagem para Hospital de Câncer de Mato Grosso (HCanMT)A Secretaria Municipal de Saúde de Juruena (SMS), realizou no ultimo dia 12 de Setembro, nas dependências da Academia de Saúde, a triagem para o atendimento do Hospital de Câncer de Cuiabá. Anualmente uma equipe volante do Hospital do Câncer de Cuiabá se desloca para interior do estado percorrendo os municípios parceiros; essa ação tem por objetivo fazer uma busca ativa precoce de usuários que se enquadre nos critérios de risco (protocolo).
De acordo com o Secretário Municipal de Saúde de Juruena, Helvio de Lima, o evento contou com cerca de 20 profissionais da SMS, empenhados para o bom atendimento da população Juruenense.
O evento foi organizado de forma a proporcionar uma triagem humanizada e resolutiva (dentro dos critérios pré estabelecidos por Cuiabá).
 A triagem teve por objetivo o preenchimento das vagas de atendimento de acordo com o protocolo enviado pelo Hospital de Câncer de Cuiabá, ao total serão 271 atendimentos, divididos em especialidades de: CCO (Exame de Papanicolau), PSA, próstata, mama e pele. Compareceram no local aproximadamente cerca de 400 pessoas.
Sendo assim, aproveitamos a oportunidade para reforçar aos que estiveram na triagem e não obtiveram uma vaga de atendimento deste ano, fomentar que o município de Juruena, conta com três equipes de Atenção Básica, com profissionais capacitados e habilitados para dar assistência profissional, cuidar da saúde é um ato de amor e a prevenção é o melhor remédio.

Sancionada a lei que obriga cartórios de MT a receber taxas com cartão de débito
  O governador Mauro Mendes (DEM) sancionou a Lei 10.937 de 2019 que obriga os cartórios a receberem cartão de débito como forma de pagamento de qualquer taxa.
  Grande parte do serviço de registro e notarial em Mato Grosso aceitava apenas a modalidade em dinheiro.
  A lei de autoria do deputado Valdir Barranco (PT), estabelece que “é obrigatório todos os cartórios no âmbito do Estado de Mato Grosso aceitarem o pagamento das taxas através de cartões de débito”.
  Apesar disso, fica facultativo aos cartórios o recebimento via cartões de crédito. A lei datada desta segunda (9), já passa a valer a partir de hoje.
  Existem pelo menos sete áreas importantes nas quais atuam os cartórios, como registro civil, notas, registro de imóveis, de títulos e documentos, protesto de títulos, registro de pessoas jurídicas e de distribuição.

  Em alguns cartórios o não recebimento de cartão de débito ou crédito significava dificuldades aos usuários, como no caso do registro de imóveis. Isso porque taxas com valores relativos ao preço dos imóveis podem significar grande volume em dinheiro.
RD News

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.