Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Deputado Victório Galli aposta na prisão de Lula para Bolsonaro vencer em 2018
O deputado federal Victório Galli (PSC) não esconde a confiança no candidato do seu partido para as eleições em 2018. O deputado prevê que o “trabalho do juiz Sérgio Moro” vai favorecer diretamente o deputado Jair Bolsonaro (PSC).



“Está cedo ainda, a eleição é ano que vem. Tudo agora é especulação. Tem gente aí que está com o nome para presidente, mas nem sabe se vai ser preso ou não.”, ironiza o deputado de Mato Grosso que também é pastor da Igreja Assembleia de Deus.

Segundo pesquisa recente da Confederação Nacional do Transportes (CNT), Bolsonaro ocupa o segundo lugar nas intenções de voto para presidente. O presidenciável do PSC, por sua vez, é o preferido de 6,5% dos entrevistados. “Bolsomito”, como é chamado por seus admiradores, fica atrás apenas do ex-presidente Lula (PT), que detém 16,6% dos votos.

A diferença não assusta Galli. O deputado lembra que as eleições ainda estão distantes e que muita coisa pode mudar no cenário político do país, inclusive a prisão de figuras que estão no páreo. Para isso, ele aposta no andamento da Operação Lava Jato:

“A eleição é ano que vem, espera um pouquinho, deixa o Moro terminar o serviço dele”, ironiza o deputado referindo-se ao juiz Sérgio Moro, magistrado responsável pelos processos advindos da operação.  

Qualidades 

Para Galli Bolsonaro tem as características ideais e raras consideradas essenciais para ocupar a presidência. Entre estes pontos positivos, o deputado destacou a lisura do candidato que, segundo ele, não é “ladrão”.

“Uma das melhores características dele, que todo político tem que ter, é a de não ser ladrão. Depois disso, ele vai montar a sua equipe, a equipe de qualidade é que faz o presidente ter sucesso”, comentou.

Fonte: Olhar Direto
Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.