Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT


Em um jogo bastante disputado no estádio da Ressacada, em Florianópolis, o Luverdense venceu o Avaí apenas nas cobranças de pênaltis por 3 a 2. No tempo normal, a partida terminou empatada em 1 a 1. O primeiro gol foi marcado no primeiro tempo pelo meia do Luverdense, Diogo Sodré. No segundo tempo, o atacante Júnior Dutra empatou. Com a igualdade, a partida foi para as cobranças de penalidades.
Apesar de uma falha que culminou no gol de empate, o grande nome da partida foi o goleiro do Luverdense, Diogo Silva. Por várias vezes ele evitou que o Avaí empatasse a partida e até mesmo virasse. Nas cobranças de pênaltis, mais uma vez o goleiro do “Alviverde” brilhou e pegou duas cobranças.
O Luverdense enfrentará o Corinthians que bateu o Brusque nos pênaltis.
O jogo - aos 4 minutos, foi a vez do atacante do Luverdense, Erik, protagonizar o primeiro lance de perigo. Em um chute forte de longe, a bola passou perto do gol.
Um minuto depois, foi a vez do Avaí revidar e aparecer o goleiro do Luverdense, Diogo Silva. O lateral Leandro Silva fez cortou a zaga e chutou forte, obrigando o goleiro do “Alviverde” a fazer uma defesa difícil.
Aos 7 minutos, o meia da equipe catarinense, Diego Jardel, fez boa jogada e finalizou para a defesa fácil do goleiro do Luverdense. Dois minutos depois, foi a fez do Luverdense atacar com o volante Ricardo, mas a bola saiu para fora.
Aos 10 minutos, o meia Marquinhos, do Avaí, tentou um gol olímpico, mas o goleiro Diogo Silva estava atento.
E o gol saiu aos 12 minutos. O meia do Luverdense, Diogo Sodré, balançou na frente da defesa do Avaí e arriscou de fora da grande área. A bola foi no cantinho do goleiro Maurício. 1 a 0 Luverdense.
Aos 24 minutos, o Avaí conseguiu chegar ao gol de empate. No entanto, o árbitro viu falta e não o validou.
Após tomar o gol, a equipe catarinense tentava pressionar o time de Mato Grosso, mas não levava grande perigo. O Luverdense buscava um contra-ataque rápido na tentativa de fazer o segundo.
O Avaí quase chegou ao empate aos 42 minutos. Alemão tocou para Marquinhos, que apareceu sozinho na pequena área e chutou. Mais uma vez o goleiro do Luverdense, Diogo Silva, apareceu bem para manter a vantagem
A bola voltou a rolar no segundo tempo. O treinador do Avaí fez duas alterações. Tirou o meia Diego Jardel para a entrada do meia Marcelinho. Outro meia Renato saiu e entrou o atacante Júnior Dutra.
Aos 6 minutos, mais uma vez o goleiro Diogo Silva fez uma grande defesa e evitou o empate. Marquinhos, do Avaí, finalizou forte e a bola desviou na zaga. Diogo Silva defendeu mas deu rebote. Denilson chutou novamente e mais uma vez o goleiro defendeu.
Dois minutos depois, Rômulo, do Avaí, finalizou bem e mais uma vez Diogo Silva defendeu. O grande nome do Alviverde.
A melhor chance do time catarinense ocorreu aos 18 minutos. O lateral Capa cruzou, Rômulo brigou e a bola sobrou para Denilson que chutou muito mal.
Dois minutos depois, o Avaí conseguiu o empate com o atacante Júnior Dutra, que entrou neste segundo tempo. Marquinhos finalizou, o goleiro Diogo Silva espalmou e o atacante da equipe catarinense apenas empurrou.
Quatro minutos depois de tomar o gol, o treinador Edil Soares decidiu mudar a equipe. Tirou o atacante Erik e colocou o atacante Rodrigo Fumaça.
O final do jogo ficou bastante disputado entre as duas equipes, porém, sem boas finalizações.
(Atualizada às 7h30 2/03)

Fonte: Só Notícias/Alex Fama (foto: Agência RBS/Leo Munhoz)

Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.