Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Nesta quinta (2), o prefeito de Caxias do Sul (RS), Daniel Guerra, teve uma atitude importante no seu exercício como representante: resolveu telefonar para um dos médicos que estava ausente em seu horário de atendimento em uma UBS (Unidade Básica de Saúde). O clipe registrando o momento foi publicado pela prefeitura da cidade e já soma mais de 140 mil visualizações; confira:


-0:01
Abrir em uma nova guia
Nesta quinta-feira, o prefeito Daniel Guerra visitou UBSs, o Pronto Atendimento 24 Horas e o Centro Especializado em Saúde. O objetivo foi acompanhar como estão sendo feitos os atendimentos à comunidade e apoiar os médicos que estão cumprindo a carga horária. Guerra reforçou a exigência do cumprimento do horário integral dos profissionais, que são servidores municipais.
“Não sou político, sou gestor. Como tal fui ‘contratado’ pela população. Cumprir carga horária e bater o seu ponto é algo normal para todos os trabalhadores”, disse Guerra, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo.
No entanto, um detalhe importante foi omitido na discussão. Uma paralisação de 3 dias foi realizada pelo Sindicato dos Médicos de Caxias do Sul neste início de março por conta da nova gestão municipal obrigar os 342 doutores da cidade a baterem ponto eletrônico. O grupo discorda da medida e 85% aderiram ao protesto.
Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.