Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Também foi entregue simbolicamente pelo secretário da pasta, Carlos Fávaro, itens como barcos, lanchas, motocicletas, motores, GPS e câmaras fotográficas que serão enviados às unidades regionais

Foto: Divulgação
Com o objetivo de oferecer melhor qualidade na prestação de serviços voltados à gestão ambiental, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) contará com 44 novos veículos modernos e eficientes para atendimento na sede da instituição e nas nove unidades regionais descentralizadas.
O anúncio foi feito pelo vice-governador e secretário de estado de Meio Ambiente, Carlos Fávaro, durante o encontro com os prefeitos de Mato Grosso, promovido pelo governador Pedro Taques, na tarde desta terça-feira (28.03) no auditório do Cloves Vettorato, no Palácio Paiaguás em Cuiabá.
Fávaro aproveitou a oportunidade para falar do desafio de gerir a pasta ambiental, frisou que as dificuldades vêm sendo superadas com muita garra e dedicação da equipe de secretários da Sema e também pelos servidores, que estão empenhados na modernização do órgão ambiental. “Agradeço a confiança do governador, dos demais secretários de Estado, que também vêm ajudando nosso trabalho que visa elevar a Sema a outro patamar de gestão, com eficiência, transparência e sustentabilidade”.
Já estão disponíveis na Sema 36 caminhonetes 0 Km Chevrolet S10 com tração 4x4 todas a diesel, que foram entregues adesivadas, engate reboque para barcos, protetor de caçamba e capota marítima. Também foram alocados mais oito veículos Volkswagen Gol, totalizando 44 veículos a disposição do órgão ambiental para atender as demandas do cidadão.
Os veículos foram adquiridos a partir do Projeto Fundo Amazônia, do BNDES. Vão ser entregues também, como parte do projeto de descentralização da gestão ambiental para os municípios, os seguintes itens: 40 motocicletas, 40 barcos, 40 motores de popa, sete lanchas, sete barcos e 14 motores de popa, 134 GPS, câmeras fotográficas. Todos esses itens estão em fase de licitação, a previsão de entregue é entre junho e julho deste ano.
Fávaro pontuou que a Sema vem trabalhando com a dinâmica de economicidade sem deixar de lado a eficiência. Os carros menores são usados para viagens de curta distância e dentro do perímetro urbano, enquanto as caminhonetes para viagens longas e locais de difícil acesso para melhor aproveitamento dos recursos e a redução no consumo de combustível.
Sedes estaduais e municipais
Também foi anunciado pelo secretário da pasta, Carlos Fávaro, que três unidades regionais ganharão sede própria nos municípios de Tangará da Serra, Sinop e Confresa. E a sede regional de Alta Floresta será ampliada e reformada com recursos no valor de R$ 320 mil.
Serão construídas também 17 sedes municipais da Secretaria de Meio Ambiente com investimentos no valor de R$ 480 mil. As sedes serão nos municípios de: Aripuanã, Apiacás, Brasnorte, Cláudia, Colíder, Porto dos Gaúchos, Sinop, Ribeirão Cascalheira, Canarana, São Félix do Araguaia, Paranaíta, Nova Monte Verde, Vila Bela da Santíssima Trindade, Gaúcha do Norte, Comodoro, Juara e Querência.
Essa descentralização não será feita com ônus para os municípios, explica Fávaro. “Foi dito aqui que nós licitamos a construção de 17 novas sedes municipais, além disso, estamos fazendo a reestruturação das unidades regionais da Sema que passarão a contar com equipamentos, veículos, carros, barcos. Com a modernização da Sema, visamos abrir a porta da legalidade aberta e da parceria”.
Gestão de frotas automatizada
O novo Sistema de Gerenciamento e Manutenção de Frotas (Sismaf), que está em fase de testes, e passa a funcionar no mês de abril na Sema, foi cedido sem custo para a Sema por meio de um termo de cooperação técnica com a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp). A proposta é promover transparência no acesso a diversas informações, como localização de veículos, vencimento de impostos, inserção de multas e estatísticas de uso do carro.
Além disso, vai garantir mais agilidade e eficiência no atendimento às demandas, evitando, por exemplo, falhas no controle da manutenção de veículos, para troca de óleo ou peças.  Até então, esse controle era feito de forma manual em planilhas de Excel, torando o trabalho moroso e passível de erro nas anotações. Também serão monitorados via sistema os barcos, motores, motosserras e reboques do órgão ambiental. (Colaborou: Rose Domingues, Sema-MT)
 Fonte:  Assessoria
Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.