Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

O Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT) já iniciou a mobilização da categoria para uma greve geral marcada para o dia 15 de março. O protesto foi chamado pelo Sintep nacional e já recebeu a adesão dos trabalhadores de Mato Grosso.

De acordo com o presidente do sindicato, Henrique Lopes, um marcado para o dia 15 deve ocorrer na praça Alencastro, a partir das 3 horas da tarde. A paralisação é contra a Reforma da Previdência proposta pelo presidente Michel Temer que limita em 65 anos a idade mínima para receber o benefício da aposentadoria.
Além da reforma, a categoria também pretende reivindicar o cumprimento da Lei do Piso Salarial Nacional. Professores teem hoje piso garantido por lei de R$ 2.135,64. A greve geral proposta pelo sindicato nacional não tem data para término.

Conforme explicou Henrique Lopes, o protesto já foi aprovado pela categoria e o sindicato deve dar início ao processo de mobilização. De acordo com a Reforma de Temer, os professores poderão se aposentar mais cedo se pagarem um pedágio de 50%, um adicional referente ao tempo que falta para concessão do benefício.
Fonte: Lázaro Thor Borges
Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.