Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Quatro pessoas teriam cometido os crimes, apontam as investigações. Nove trabalhadores rurais foram assassinados no último dia 19.

A polícia suspeita que quatro pessoas tenham torturado e assassinado os nove trabalhadores rurais no dia 19 de abril em Taquaruçu do Norte, distrito de Colniza, a 1.065 km de Cuiabá. Os quatro são da região das mortes e um deles foi identificado, afirmam as autoridades. A principal linha de investigação é de que os pistoleiros foram contratados por fazendeiros.
O vilarejo em Taquaruçu do Norte, onde aconteceu a chacina, está praticamente vazio. Além da violência e da forma como os crimes aconteceram, o que mais chama a atenção é o medo que as pessoas sentem. Famílias inteiras fugiram temendo a volta dos criminosos.
"Nós estamos sofrendo represália e ameça de novo. De fazer massacre com mulher, esposa, criança, idoso. Então eles fizeram isso para mostrar que eles vão voltar lá pra fazer isso. Lá dentro mora ser humano e nós somo tratado como bicho", disse.
A região é de constante briga por terra. Segundo levantamento da Pastoral da Terra, mais de seis mil famílias vivem em zonas de conflito agrários em Mato Grosso. No país, 19 pessoas foram assassinadas apenas neste ano.
“Tem muita madeira, lá nunca foi tirado madeira ainda. Tem bastante madeira e rola fofoca que lá é bom de ouro também. Rola fofoca, né. Deles mesmo lá dentro, dos fazendeiros”, disse um morador que também pediu para não ser identificado.

Fonte:  G1 MT
Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.