Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Jovem teria assinado contrato se comprometendo a permanecer em silêncio sobre o caso, que ocorreu após uma festa em Las Vegas

O craque do Real Madrid, Cristiano Ronaldo, virou alvo de polêmica após uma publicação da revista alemã 'Der Spiegel', nesta sexta-feira.

Segundo informações do veículo, CR7 teria pagado 258 mil euros (R$ 862 mil) para que uma jovem não revelasse suposto estupro ocorrido em janeiro de 2010.

O contrato teria sido firmado sete meses após o estupro, e o advogado de Cristiano Ronaldo, Carlos Osório de Castro, teria assinado em nome do jogador.

Porém, o acordo estabelecido entre as partes exigia que a mulher retirasse a queixa. Nas ligações feitas pela vítima após o episódio, ela dizia apenas que se tratava de 'uma figura pública', um 'atleta', sem mencionar o nome de CR7.

O contrato teria sido firmado sete meses após o estupro, e o advogado de Cristiano Ronaldo, Carlos Osório de Castro, teria assinado em nome do jogador. 

Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.