Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Uma moradora de Cuiabá teve o chip de celular clonado e R$ 4 mil retirados da agência bancária. Segundo a vítima, o telefone dela ficou sem sinal por um período na semana passada e no mesmo dia recebeu uma mensagem de que houve uma movimentação na conta bancária dela. Quando a vítima foi conferir, percebeu que teve R$ 4 mil retirados para pagamento de faturas.
Imediatamente a vítima avisou parentes e amigos o que tinha ocorrido. No dia seguinte, uma amiga recebeu um pedido de ajuda do telefone da vítima: era o estelionatário pedindo mais dinheiro. O telefone dela foi clonado. “Fui até a própria operadora da linha para tentar resolver pessoalmente isso. Foi quando um atendente foi verificar o meu número de telefone e descobriu que ele estava clonado”, afirmou.
 Segundo um atendente de operadora de telefonia, o caso faz parte de um esquema que envolve criminosos que aliciam funcionários das operadoras de celular. Ele diz que já recebeu uma proposta de R$ 300 para clonar um chip de celular. Ele também afirmou que os funcionários são treinados e passam por orientações a respeito da ética com o cliente. “O prejuízo é tanto para o cliente, que se torna vítima, quanto para a operadora, que também é vítima, assim como o banco, que tem valores subtraídos do cliente e tem que ressarcir a vítima”, disse o delegado da Polícia Civil, Flávio Stringuetta.
 A vítima que teve o dinheiro subtraído já negociou com o banco sobre a devolução do dinheiro.
Fonte:G1 Mt
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.