Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

O governo do Estado de Mato Grosso prorrogou a campanha de vacinação contra a gripe (Influenza) para até o dia 9 de junho. A decisão foi anunciada nesta quarta-feira, dia 24, pela coordenadoria de Vigilância Epidemiológica da secretaria de Saúde. A campanha estava prevista para terminar no próximo dia 26 de maio, sexta-feira.
De acordo com Flávia Guimarães, coordenadora de Vigilância Epidemiológica a partir desta quarta-feira (24.05) os municípios são comunicados sobre a prorrogação da campanha. Ela esclarece que essa medida se deve ao fato de Mato Grosso ainda não ter atingido a meta nacional de vacinação dos grupos considerados suscetíveis de serem afetados pela gripe: idosos, indígenas, professores, servidores da área da saúde em geral, puérperas, gestantes e crianças com seis meses até os cinco anos de idade.
Em Mato Grosso o percentual total de vacinados até o dia 24 de maio (dados do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações – SIPNI. DATASUS. GOV. BR) é de 54,10% (doses aplicadas), o que representa um total de 367.051 pessoas vacinadas do universo de 678.429 pessoas que devem tomar a vacina contra a gripe.
A vacinação da população idosa prevista para a campanha que é de 244.775 registra o maior índice de cobertura vacinal, com 65,88%, ou seja, 161.266 idosos foram vacinados até hoje. Em segundo lugar aparecem os trabalhadores da área da saúde, com cobertura de 64,71% de um público de 58.757 foram vacinados 38.021 profissionais.
Do público gestante previsto para ser vacinado 42.388 pessoas, foram vacinadas 50,32%, o que representa 21.330 doses aplicadas. Entre a população puérperas de um universo de 6.964 pessoas foram vacinadas 4.515.
A população indígena prevista para ser vacinada 43.800, receberam a dose 12.953, ou seja, 29,57%; o menor índice de cobertura entre o público estimado. Já entre os professores, foram vacinados 52,11%, representando 25.150 doses aplicadas do total de 48.260 pessoas.
Em relação ao desempenho dos municípios, cuja vacinação é de responsabilidade das unidades municipais de saúde, aparecem com menor cobertura os municípios de Nova Guarita com 0,00%; Nova Nazaré com 9% de cobertura vacinal e Santa Terezinha com 13%.
Entre os municípios com maior cobertura estão: Planalto da Serra com 102,85% de doses aplicadas; Rondonópolis com 64,53%, Várzea Grande com 60,43% e Cuiabá com 49,92%.
A coordenação de Vigilância Epidemiológica da secretaria de Estado de Saúde informa que todas as doses de vacina já foram distribuídas aos municípios e reforça a necessidade de cumprir a meta nacional em razão da preocupação em prevenir doenças causadas pelo vírus influenza e até mortes causadas por esses vírus.
No Estado a SES/MT vem registrando queda no índice de óbitos causados pela gripe, sendo necessário manter a vigilância para que esse índice diminua ainda mais. “A gripe é uma doença que pode ser prevenida pela vacina, portanto é importante que a população procure os postos de vacinação para se imunizar contra a doença”. Destacou Flávia Guimarães.
Fonte: Secom/MT
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.