Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Foto: Reprodução
A Polícia Judiciária Civil da cidade de Aripuanã prendeu nesta segunda-feira, 26, Luciano Albuquerque da Anunciação, vulgo “Buiu”, 32, acusado de cometer um homicídio no dia 25 de dezembro passado.
Luciano em companhia de Wagner Batista, vulgo “Waguinho”, invadiu uma residência no bairro Padre Duílio e atirou oito vezes contra Joberson Carlos Lopes Soard vulgo “Jobinha”, que foi socorrido e morreu dois dias depois em decorrência dos ferimentos.
Buiu só foi preso porque sofreu um acidente na MT 183 próximo ao distrito denominado cidade Morena em Aripuanã. Ele foi socorrido e levado ao hospital da cidade para receber cuidados médicos.
Os investigadores descobriram que no hospital havia um homem foragido de Juína e com as informações em mãos efetuaram a prisão do suspeito, após ele receber alta médica.
Os motivos que levaram Buiu a cometer o homicídio é um possível acerto de contas com Jobinha.
Buiu deverá ser trazido ao CDP de Juína.
Já Waguinho comparsa de Luciano permanece foragido, ele também é acusado de matar a tiros no dia 23 de dezembro Valmir de Souza, vulgo “Mineiro”, 46, também no bairro Padre Duílio.
Havia informações, de que a vítima foi morta por “engano”, quem o suspeito procurava era Laercio Castilho de Souza, vulgo “Cabelo”, que foi morto a tiros no dia 2 de janeiro deste ano. No dia do crime, Waguinho foi até a residência e em posse de uma arma de fogo chamou por Cabelo, porém quem saiu  foi Mineiro, que foi alvejado por tiros e morreu no local.
Fonte: Juína News
Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.