Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Estado repassa mais de R$ 200 milhões aos municípios de FPM
O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz-MT), repassou R$ 216,521 milhões às 141 prefeituras do Estado, referente ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM) do mês de abril. O valor foi divulgado no Diário Oficial do Estado, que circulou na segunda-feira (05.06). Os dados podem ser consultados no site da pasta.
Com a maior fatia de arrecadação no Estado (74,46%), o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) somou R$ 172,473 milhões aos cofres dos municípios de Mato Grosso. Já o Imposto sobre Propriedade de Veículos (IPVA), que figura como o segundo maior, totalizou o valor de R$ 42,623 milhões.
Dentro do valor transferido no mês de abril, R$ 1,269 milhão foi em Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).
Ainda dentro dos tributos que compõem o FPM, os municípios receberam R$ 40,278 milhões do Fundo Partilhado de Investimentos Sociais (Fupis) e R$ 114,271 mil, relacionado ao Fundo Especial do Petróleo (FEP). Este último corresponde à fonte da União.
O titular da Sefaz, Gustavo Oliveira, frisou o compromisso do Estado com os municípios, mesmo em momento de crise econômica. “A expectativa é que estes recursos continuem contribuindo com os investimentos das prefeituras e, ainda, priorizem a qualidade de vida dos cidadãos, que são os principais contribuintes destes fundos”, finalizou.
Fonte: Simone Ishizuka | Sefaz-MT
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.