Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

A | A
Uma equipe com 15 técnicos da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) está em Alta Floresta (800 km ao Norte de Cuiabá), sede da 7ª edição da Caravana da Transformação, realizada pelo Governo do Estado, a partir desta terça-feira (06.05). Os servidores da Secretaria vão fiscalizar a qualidade dos serviços de saúde que serão oferecidos a mais de sete mil pessoas que moram em Alta Floresta e em outros 11 municípios da região. Eles também acompanharão os serviços de alimentação, qualidade da água, a regulação de consultas e de cirurgias, a inspeção de ambientes e a avaliação pós-cirurgia.
A Caravana da Transformação está preparada para atender a demanda espontânea, que são aqueles casos que não estão regulados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) municipal e estadual e que surgem durante a Caravana. A expectativa da organização é realizar até quatro mil cirurgias e 7.500 consultas.
Os municípios que serão atendidos pela Caravana são: Alta Floresta, Nova Canaã do Norte, Nova Santa Helena, Itaúba, Nova Guarita, Apiacás, Nova Monte Verde, Marcelândia, Nova Bandeirantes, Paranaíta, Carlinda, Colíder. Durante a Caravana, está prevista a realização de 3.427 procedimentos somente na área da saúde. O município com maior demanda é Alta Floresta, com 2.030 procedimentos agendados. Em segundo está Carlinda, com 360 procedimentos.
De acordo com a superintendente de Saúde da SES-MT, Selma Aparecida de Carvalho, que está em Alta Floresta com a equipe técnica, por se tratar de um evento em massa, seis profissionais do órgão irão monitorar a prestação do serviço oftalmológico três vezes por dia, até concluírem todos os atendimentos.
“Esse serviço de inspeção será feito pela Vigilância Sanitária do Estado em parceria com a Vigilância Municipal de Alta Floresta, para garantir aos pacientes a segurança da qualidade dos serviços prestados,” ressaltou Selma de Carvalho.
A Vigilância Sanitária irá inspecionar diariamente a qualidade da alimentação de quem está trabalhando na Caravana e dos pacientes, desde a preparação do lanche, que é servido às pessoas que são atendidas dentro da estrutura da Caravana da Transformação, como também dos pacientes que estarão em alojamentos, hotéis e albergues. A qualidade da água será vistoriada, desde o fornecimento por poços artesianos até a água que é fornecida pela rede municipal de abastecimento. “Esse cuidado é muito importante e já foi monitorado pela Defesa Civil e pela Vigilância Municipal, para evitar algum tipo de surto por contaminação alimentar ou pela água”, informou Juliana Almeida Silva Fernandez, do setor de Vigilância Estadual.
Com relação às consultas e cirurgias, a técnica do setor de Controle e Avaliação da SES-MT, Sônia Alves Pio, disse que os procedimentos serão acompanhados diariamente, bem como serão feitas as autorizações de cirurgias junto aos médicos de acordo com o fluxo de atendimento. “A equipe vai avaliar o serviço ouvindo os pacientes, por amostragem, pois é importante mensurar a eficiência do atendimento e a satisfação do usuário do SUS.”
A Secretaria de Estado de Saúde vai emitir boletim diário sobre as inspeções realizadas.  
Fonte: Rose Velasco | SES-MT 

Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.