Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Cerca de três mil servidores de 20 categorias do Poder Executivo participaram da assembleia geral unificada promovida pelo Fórum Sindical, na praça das Bandeiras, no Centro Político Administrativo.

  O Fórum Sindical que é composto por 32 categorias de servidores públicos estaduais realizará na próxima quarta-feira (7), às 8h, uma greve geral. A mobilização será em frente à Assembleia Legislativa. O ato se deve a rejeição dos servidores com relação ao pagamento de 6,58% da Revisão Geral Anual (RGA) de 2017 em três parcelas: em janeiro, abril e setembro de 2018 proposto pelo governo do Estado.  
   Cerca de três mil servidores de 20 categorias do Poder Executivo participaram da assembleia geral unificada promovida pelo Fórum Sindical, na praça das Bandeiras, no Centro Político Administrativo.
   Para o presidente do Sindicato dos Profissionais da Área Meio do Poder Executivo de Mato Grosso (Sinpaig) e coordenador do Fórum Sindical, Edmundo César Leite, a proposta feita pelo governo é indecorosa. Sendo apresentada primeiramente à imprensa e depois aos servidores, que são os maiores interessados.
   O sindicalista disse que há uma conversa para que a categoria apresente proposta ao secretário de Estado de Gestão, Júlio Modesto, para que sejam pagas as duas parcelas referente ao resíduo da RGA do ano passado, que totalizam 3,98% na folha de pagamento de junho. Com o pagamento chega-se a integralidade da revisão do ano passado que foi de 11,28%. A RGA de 2015, paga em 2016, também foi parcelada em três vezes e seu último repasse será em setembro de 2017. “Queremos também que seja pago tudo retroativo ao mês de maio”.
Fonte: Só noticias
Marcadores: , ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.