Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

A equipe econômica está estudando aumentar o imposto da gasolina para que o rombo das contas públicas fique em, no máximo, R$ 139 bilhões. O argumento usado é de que a arrecadação está em queda. 
De acordo com o jornal O Globo, o plano em estudo é criar uma alíquota flutuante para a Contribuição de Intervenção sobre o Domínio Econômico (Cide) que incide sobre o combustível mais popular do país e, ao mesmo tempo, arrecadar mais com esse “imposto verde”, que deve deixar a gasolina mais cara para estimular o uso de etanol em carros flex.
"A ideia seria usar a Cide como um imposto verde. A alíquota iria variar sempre, para dar competitividade ao etanol", afirmou um graduado interlocutor do presidente Michel Temer, sob a condição de anonimato.
Fonte:POR NOTÍCIAS AO MINUTO
Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.