Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Advogado Rogério Silva assume vaga de Valtenir Pereira na Câmara Federal
O advogado Rogério Silva Santos (PMDB), assumiu ontem (13) a vaga do deputado Valtenir Pereira (PSB), na Câmara Federal, por um período de quatro meses. Rogério Silva é natural de Tangará da Serra, 38 anos de idade, e vereador licenciado. Na eleição de 2014, então no PROS, conquistou 16.116 mil votos para deputado federal, ficando na terceira suplência da chapa (PT/PMDB/PROS/PR).
A convite de Carlos Bezerra e Valtenir Pereira, Rogério migrou para o PMDB. “Vou trabalhar para corresponder à confiança dos meus eleitores e do povo de Mato Grosso, em especial, da região de Tangará da Serra”, disse Rogério.
O tangaraense assumiria a vaga do deputado Carlos Bezerra, com a desistência do primeiro e segundo suplentes. No entanto, Bezerra teve que rever a decisão, a pedido do presidente Michel Temer, por ser Bezerra membro titular da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, que julgará o processo de denúncia encaminhado pelo Ministério Público Federal contra o presidente.
Rogério Silva disse que, entre suas ações no mandato, vai interceder junto ao Ministério da Educação para implantação de um campus da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) em Tangará da Serra.
O pedido do campus foi encaminhado por Rogério ainda quando vereador. Ele argumenta que o campus é necessário diante do número de estudantes, de Tangará e dos municípios circunvizinhos, que estão concluindo o ensino médio e da necessidade de que novos cursos sejam ofertados.
A área de Saúde é outra preocupação do deputado. Ele disse que vai lutar para viabilizar a assinatura de um convênio que já está protocolado no Ministério da Saúde, para liberação de equipamentos para 12 leitos de UTI do Hospital Municipal.
Rogério Silva disse ainda que vai lutar por recursos para construção de um mini-estádio, um Centro de Convenções e um aeroporto de maior porte para Tangará.
Tangará
Conforme Rogério, além da agricultura, pecuária e turismo, Tangará estimula o crescimento industrial e empresarial, oferecendo incentivos para a instalação de novas indústrias e empresas em sua região.
Em 13 de maio de 1976 Tangará da Serra conquistou sua emancipação político-administrativa. É a principal cidade de toda a porção sudoeste do Estado, distante 240 km da capital Cuiabá.
 Com boa qualidade de vida, refletida no alto índice de desenvolvimento humano medido pelo IBGE, a população estimada é de 96.932 mil habitantes.
Fonte:Arlindo Teixeira Jr.
Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.