Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Imagem:Reprodução

 FELIPE LEONEL

A deputada estadual Janaina Riva (PMDB) respondeu a questionamentos sobre o possível envolvimento de seus pais, Janete Riva e José Riva, em suposto desvio de recursos da obra do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). Janete Riva é acusada pelo Ministério Público Federal (MPF) de ser laranja de seu esposo, José Riva, na empresa Multimetal Engenharia de Estruturas. "Começamos a ver pessoas que estão no poder sendo investigadas e presas, mas acho que a mesma justiça que meu pai está sujeito, todos nós estamos. Temos que tomar cuidado com tudo aquilo que fazemos enquanto agente público, para que a gente não acabe na mesma situação", afirmou Janaina. 

 De acordo com o MPF, José Riva seria sócio oculto da Multimetal, na qual teria participação de 40%. O contrato de gaveta, no nome de Janete, foi encontrado em posse do casal, durante cumprimento de mandados na Operação Ararath. José Riva pediu ao ex-governador Silval Barbosa (PMDB), para interceder junto a empresa CR Almeida-Santa Bárbara, e subcontratasse a Multimetal por R$ 11,5 milhões. 

 A parlamentar salientou que ela não faz parte do quadro societário da Multimetal, diferente da empresa Floresta Viva Exportação de Madeira, que estaria envolvida na Operação Lava Jato.  No começo deste ano, Janaina afirmou que a Floresta Viva, foi envolvida em outra operação e que não era gerida por ela. A deputada disse também que não só a Multimetal, mas "praticamente" todas as empresas de Mato Grosso fizeram contrato com VLT. "Eu acho que cada caso deve ser tratado de forma individual, para ver até onde vai a culpa de cada um. Onde tiver culpa, todos vão ter que pagar de forma igualitária. Isso não só com relação a quem seja meu familiar ou quem quer que seja do PMDB", finalizou.



Fonte: Hiper Noticias
Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.