Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

DivulgaçãoDivulgação
A equipe da TV Record Cuiabá que fazia cobertura sobre um acidente de trânsito na Avenida Miguel Sutil, em Cuiabá, na noite deste sábado (19), foi agredida pelo amigo de um dos ocupantes do veículo que capotou na via pública. Boletim de ocorrências da Polícia Militar aponta que a condutora havia consumido bebida alcoólica. 
De acordo com o Boletim de Ocorrências, o empresário Lucas Trevisan Bongiovanni, que estaria ajudando a motorista que perdeu o controle do carro, por possivelmente estar embriagada, tomou o microfone do repórter José Porto e arremessou o equipamento contra o jornalista que estava trabalhando. Porto só não foi atingido porque alguém colocou o braço na frente e o microfone caiu no chão.
Conforme consta no documento policial, o agressor ainda desferiu 3 tapas na costa do cinegrafista Roberto Garcia. Os policiais interviram contendo o agressor. 
Consta ainda no BO, que a condutora do veículo Citroen C3 branco, placa OBL 4047, identificada como Juliana Cristina Barbosa, após perder controle e capotar na avenida, ainda colidiu o carro com um 2º veículo, Toyota Corolla. 
O condutor do Toyota fez o teste do bafômetro que não constatou o consumo de álcool. Já Juliana se recusou a fazer o exame. A equipe da TV Record registrou boletim de ocorrências contra o agressor. 
Agressor diz que teve o nome usado levianamente
Em seu perfil, no Facebook, o agressor comentou sobre o caso explicando que não foi ele que se envolveu no acidente e nem a namorada dele, mas sim um casal de amigos. 
Fonte: Janaiara Soares, repórter do GD

Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.