Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT


O Flamengo não encontrou a menor dificuldade para assegurar a classificação para as oitavas de final da Copa Sul-Americana. O rubro-negro da Gávea goleou o Palestino, do Chile, por 5 a 0, em partida disputada na noite desta quarta-feira, na Ilha do Urubu, e mostrou que já está recuperado do trauma provocado pela demissão do técnico Zé Ricardo. Na próxima etapa da competição, o Flamengo vai enfrentar a Chapecoense que eliminou o Defensa Y Justiça.
Dirigido pelo interino Jaime de Almeida, o Flamengo foi superior durante os 90 minutos e poderia até ter aplicado um placar mais elástico. O Palestino que perdeu no jogo de ida por 5 a 2, já entrou em campo, parecendo conformado com a eliminação e pouco fez para evitar a nova derrota. Os gols foram marcados por Felipe Vizeu, Geuvânio, Everton Ribeiro, Willian Arão e Vinicius Júnior.
Diante de um público pequeno, o Flamengo começou no ataque e abriu o marcador logo aos quatro minutos. Após cobrança de escanteio, Willian Arão bateu cruzado e Felipe Vizeu desviou para o gol, sem chances para o goleiro Dario Melo.
O time rubro-negro prosseguiu no ataque e, aos nove minutos, marcou o segundo gol. Everton Ribeiro fez bom lançamento para Everton que investiu pela esquerda e cruzou para a cabeçada certeira de Geuvânio. Foi o primeiro gol do atacante com a camisa do Flamengo.
Em grande desvantagem, o Palestino tentou sir para o ataque, mas esbarrava nas próprias limitações técnicas e na boa marcação da equipe carioca. Só aos 18 minutos é que a equipe chilena chegou com perigo, mas o chute de Cereceda foi bloqueado por Renê. A equipe do Chile adiantou a marcação para reduzir os espaços para as manobras do time carioca.
Depois de sair na frente, o Flamengo se acomodou e passou a administar a partida que se tornou monótona, com muitos erros de passes.
Aos 29 minutos, Juan derrubou Roberto Gutiérrez na entrada da área. O mesmo Gutiérrez bateu a falta e a bola encobriu o travessão, assustando o goleiro Muralha. Dois minutos depois, após cruzamento na área do Flamengo, Gutiérrez tocou para o gol e obrigou Alex Muralha conseguiu fazer uma boa defesa, desviando para escanteio.
Mesmo sem forçar o Flamengo marcou o terceiro gol, aos 41 minutos. Geuvânio fez ótimo lançamento para Everton Ribeiro que driblou o goleiro Dario Melo e tocou para as redes.
O Palestino se entregou completamente e sofreu o quarto gol aos 44 minutos. Everton cruzou e Willian Arão se antecipou à marcação para cabecear sem chances para o goleiro chileno.
Os dois times voltaram sem modificações para o segundo tempo e o Flamengo manteve o controle da partida. Aos cinco minutos, Everton Ribeiro recebeu na área e chutou, mas foi bloqueado por Diego Torres.
Sem ambições em relação à classificação, o Palestino apenas tentava diminuir o vexame. Aos 15 minutos, Gutiérrez foi derrubado na entrada da área por Rhodolfo. Carmona bateu a falta com perigo, mas a bola saiu.
Aos 20 minutos, Berrio ganhou do marcador e cruzou para a conclusão de Everton Ribeiro, mas a bola saiu. A resposta veio em chute de Carmona que encobriu o travessão defendido por Alex Muralha.
Vinicius Junior entrou no lugar de Everton e , aos 27 minutos, logo após ter entrado em campo, marcou o quinto gol. O jovem atacante invadiu a área, passou pelo goleiro e cruzou para a entrada de Berrio, O colombiano chutou, a bola desviou na zaga e sobrou para Vinicius empurrar para o gol.
O Palestino ainda tentou marcar o chamado gol de honra, aos 44 minutos, e Diego Gutiérrez tocou de calcanhar, após cruzamento de Romo, mas a bola se chocou com a o travessão.
No último lance importante do jogo, Vinicius Junior foi lançado em velocidade e tentou encobrir o goleiro Dario Melo, mas tocou de forma displicente e permitiu a defesa do goleiro da equipe chilena.
Fonte: Gazeta Esportiva (foto: Gilvan de Souza/arquivo)
Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.