Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Foto: ReproduçãoSerá realizado no próximo dia 5 e 6 de outubro o 1º Encontro de Agronegócios de Alta Floresta. O evento acontecerá na Praça do Avião e será voltado para toda a comunidade. Estão previstas palestras técnicas, rodadas de negócios e uma série de informações sobre as potencialidades na agropecuária altaflorestense. A secretária de Desenvolvimento de Alta Floresta Elsa Lopes está a frente da organização do evento e espera que seja um grande encontro com grandes palestras e a aquisição de experiências positivas para o setor. “São palestrantes que vão trazer aquilo que vai ao encontro das nossas necessidades, tá vindo uma equipe muito grande pra recursos financeiros tanto pro pequeno como pro grande, são pessoas que vão nos mostrar qual é o caminho”, afirmou a secretária.
Segundo Elsa Lopes, o público alvo são os produtores rurais, seja pecuarista, agricultor, pequeno o grande empreendedor, mas encontro também é voltado para mostrar a grandes empresários do estado e do país, sobre a potencialidade local. O agronegócio, segundo Elsa Lopes é uma realidade. “É real, a nossa colheita é real, o agronegócio é uma realidade que nós estamos vivendo, o que está faltando é termos condições para poder expandir este produto nosso pra fora”´, explicou.
O prefeito Asiel Bezerra afirmou em entrevista ao O Diário que a base econômica da região que sempre foi calcada na pecuária tem se transformado nos últimos anos com forte tendência para a agricultura e o potencial de Alta Floresta, como polo, é muito grande e já foi identificado. “A agricultura aqui será uma das regiões mais fortes do país, hoje Alta Floresta é uma das últimas fronteiras agrícolas que se pode expandir sem derrubar uma arvores. Nós temos só aqui na microrregião de Alta Floresta 1,3 mil hectares e no extremo norte em torno de 6 milhões de hectares” disse o prefeito altaflorestense comparando estas áreas com a área de plantio da Argentina que é o segundo maior exportador do mundo e tem área parecida com a do polo altaflorestense.
Segundo Asiel Bezerra, a realização do encontro de agronegócio é uma forma da prefeitura dar o incentivo necessário para que as soluções sejam colocadas em prática, a principal delas no campo da estruturação da logística. O prefeito recordou que, um ano após a realização, no ano passado, do Estradeiro da Integração, saindo de Alta Floresta até Santarém no Pará, quando foi identificada a necessidade de infraestrutura para escoamento da produção agrícola. O Governo Federal já está em vias de asfaltar um trecho de 80 km de estradas, arrumar pontes ao longo da BR 163. Quando ao estado, “houve problema na licitação” para construção de uma ponte e asfaltamento da MT 208 e a MT 416. “Os governantes nossos teriam que acordar que isso é a solução, que o agronegócios hoje esta segurando a balança comercial brasileira, está segurando a economia, cada real investido no agronegócio dá 4 ou 5 de retorno, por isso nós estamos fazendo esse evento pra chamar a atenção justamente sobre isso”, disse Asiel Bezerra

Notícia da hora

Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.