Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

A juíza da 1ª Vara Criminal de Cuiabá, Mônica Catarina Perri Siqueira, teve seu carro roubado na noite desta sexta-feira (22), no Bairro Jardim Aclimação, próximo ao Pantanal Shopping. Cerca de quatro horas depois, um dos ladrões foi morto em confronto com a Polícia Militar, no Bairro Alvorada.

O roubo do veículo aconteceu por volta das 20 horas, quando dois homens armados abordaram a juíza e fugiram com o seu Toyota Corolla. O boletim de ocorrências não dá maiores detalhes sobre como foi o roubo, mas informa que a magistrada chegou a ser agredida.

Após o roubo, a magistrada acionou a Polícia Militar, que deu início à procura dos bandidos e do veículo.

Por volta da meia noite, o carro da juíza foi visto já sem a placa por uma viatura da PM, na Avenida Monte Líbano.

Os policiais deram a ordem de parada, mas os suspeitos conseguiriam fugir.

Minutos depois, cruzaram novamente com a viatura. Conforme o boletim de ocorrência, os suspeitos tentaram escapar atirando contra os policiais, que reagiram disparando também.

Neste momento, eles entraram em uma rua sem saída. Para tentar sair, o motorista deu marcha à ré e bateu contra o carro da PM.

Em seguida, os suspeitos seguiram até o final da rua e bateram o carro uma passarela. Eles decidiram então abandonar o Corolla e fugir a pé pela passarela.

Os policiais acionaram reforço de mais viaturas e da Ronda Ostensiva Tática Móvel (Rotam), que estavam pela região.

A equipe da Rotam encontrou os suspeitos pulando o muro de uma casa, na Rua Bela Vista, no Alvorada.

Os militares, então, determinaram que os assaltantes deitassem no chão, mas eles atiraram.

A polícia realizou um cerco no terreno da casa. Quando entrou, houve troca de tiros com os bandidos.

Um deles foi atingido pelos disparos e caiu no chão ainda com vida.

Ainda conforme o B.O., os policiais prestaram socorro e encaminharam o suspeito para o Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá.

O homem não resistiu aos ferimentos e morreu logo depois de passar pelos procedimentos médicos.

O outro conseguiu fugir durante o tiroteio.  A juíza reconheceu os assaltantes.


Fonte: Midia News
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.