Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Foto: ReproduçãoAtendendo apenas em horário de expediente desde a última segunda-feira (18), o delegado regional adjunto, responsável pela delegacia do município de Colíder, foi intimado à prestar esclarecimentos diante o não recebimento de custodiados da Polícia Militar e não atendimento em ocorrências fora do horário. “Até quando vão manter e intensificar esse descaso? É indigno fazer parte de algum modo dessa balbúria desnecessária.”
O despacho enviado a redação do site Nativa News nesta sexta-feira (22), data de 20 de setembro, assinado pelo Juiz de Direito Plantonista, Walter Tomaz da Costa. Onde está o relato de uma prisão em flagrante de um homem, junto com a apreensão de um adolescente. No documento o Juiz relata ter recebido a dupla as 01h49, que foi detida às 21h ingerindo bebidas alcoólicas e em posse de substância entorpecente. Diante negativa de recebimento dos custodiados, por parte da Polícia Judiciária Civil, ambos foram levados ao juiz plantonista.
A PJC emitiu a seguinte nota:
 Sobre os questionamentos do Sindicato dos Delegados de Polícia (Sindepo), a Polícia Judiciária Civil esclarece que a jornada de trabalho dos delegados, assim como das carreiras de investigador e escrivão de polícia, são atribuições próprias dos cargos, previstas no artigo 120, parágrafo único da Lei Complementar 407/2010, Estatuto da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso.
 “Artigo 120, Parágrafo único: A função policial sujeita-se à prestação de serviços em condições adversas de segurança, com risco de vida, plantões noturnos e chamadas a qualquer hora, desde que justificada a necessidade, inclusive com a realização de diligências policiais em todo Estado de Mato Grosso ou fora dele".
 A Polícia Civil reconhece a demanda de trabalho em que os servidores estão submetidos, principalmente, no interior do Estado, devido ao efetivo para representar a instituição. No entanto, diante ausência de autonomia financeira e orçamentária, não é possível a Polícia Civil fixar pagamento de eventuais horas extras laboradas nos plantões presenciais e não presenciais (sobreaviso), por se tratar de matéria administrativa privativa do Estado.
 Entretanto, qualquer servidor policial que for acionado e trabalhar no período noturno, faz jus ao adicional noturno, conforme deliberação do Conselho Superior de Polícia, no dia 3 de setembro de 2013.
 A Polícia Civil também informa que está em andamento concurso para delegado de polícia, com prova marcada para o dia 8 de outubro, e já foi anunciado abertura de concurso para os cargos de investigadores e escrivães de polícia, condicionado a previsão orçamentária do Estado.
 Nativa News

Marcadores:

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.