Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

A | A
Mais de 10 mil contribuintes inscritos na dívida ativa do Estado que residem em Juína, Aripuanã, Brasnorte, Colniza, Cotriguaçu, Juara, Juruena, Novo Horizonte do Norte, Porto dos Gaúchos, Rondolândia e Tabaporã, na região Noroeste de Mato Grosso, foram convocados e terão oportunidade de renegociar seus débitos. Eles poderão fazê-lo no posto da Procuradoria de Geral do Estado que funcionará na 9ª edição da Caravana da Transformação, na quinta e sexta-feira (21 e 22.09), em Juína (a 735 km de Cuiabá). O evento será realizado no Centro de Eventos da cidade, situado na Avenida Jaime Proni, s/n.
Para o Subprocurador-geral Fiscal, Leonardo Vieira de Souza, a participação na Caravana da Transformação, assim como a PGE Itinerante, “representam a interiorização da PGE em benefício dos serviços do Estado, com a aproximação ao cidadão e ao Poder Judiciário”.
De acordo com levantamento da Sub Procuradoria Fiscal, o maior número de devedores está concentrado nos municípios de   Juína, Ariapuanã, Brasnorte, Colniza, Cotriguaçu e Portos dos Gaúchos, que somam R$ 321.612.209,65 de débitos com o Estado de Mato Grosso.
A equipe de procuradores e servidores da PGE, coordenada por Victor Saad Cortez,  estará de plantão para realizar o atendimento aos contribuintes desses municípios. Na quinta-feira (21.09), o posto de atendimento funcionará das 8h às 16h.  Já na sexta-feira (22.09), será das 08h às 14h. Leonardo Vieira de Souza vê este trabalho como mais uma chance de o contribuinte do interior regularizar sua situação junto ao Estado, aproveitando os benefícios do Refis, que termina em 10 de outubro.
Fonte: Everaldo Galdino | PGE - MT 

Marcadores: , ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.