Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Vera, proprietária do restaurante Sabor e Pimenta
Vera, proprietária do restaurante Sabor e Pimenta
Talvez o cheirinho que vem da cozinha ao entrar no restaurante, ou o sorriso com que a proprietária, Vera Lucia da Costa, 52, recebe cada um dos clientes, ou até mesmo o tempero caseiro de cada um dos pratos do cardápio. A verdade é que é difícil definir o que faz do ‘Sabor & Pimenta’ um sucesso que atrai clientes de todos os cantos da cidade.

Leia também:
Festa em Cuiabá será open food de churrasco e terá shows de Ira!, Velhas Virgens e Camisa de Vênus

Vera foi vendedora de automóveis por trinta e dois anos, até que precisou pensar em outra forma de trabalho, para cuidar da mãe. “Ela veio morar comigo e eu precisava ficar mais em casa. Então uni isso a minha vontade de cozinhar. Já tinha tido um restaurante antes, de 2012 a 2015, que abria só aos finais de semana”, contou a empresária ao Olhar Conceito, durante um almoço na última semana.



O restaurante Sabor & Pimenta foi inaugurado em 2015, inicialmente com um sócio, e na frente da casa de Vera. Desde sempre, seu foco era vender comida caseira e de qualidade e, segundo ela, foi assim que conquistou os clientes. “Hoje tenho muitos clientes assíduos, que tem todos os dias, ou duas, três vezes por semana, porque falam que se vierem todos os dias vão engordar, já que comem muito”, brinca.

O ‘carro chefe’ da casa é o pê-éfe de ‘bifão’, que vem com dois bifes, arroz, ovo e batata frita, tudo por R$24. Todos os dias, também estão disponíveis pratos comerciais, que podem ser feijoada, frango caipira, rabada, dobradinha, língua de boi, carneiro, bife de fígado, parmeggiana e outros. “São pratos exóticos, que são difíceis de achar, mas também tem alguns mais bobos que fazem muito sucesso, como a costela com mandioca”, explica Vera. Cada comercial sai por, no máximo, R$35, e é possível pedir até três tipos de carne.



A proprietária do local se ‘desdobra’ pra ter certeza que está tudo impecável, e transita entre a cozinha e a frente do restaurante. Cada cliente é chamado pelo nome, e ela sabe as preferências. “Esse aqui [diz, apontando para o cliente sentado ao lado] gosta de ovo mole e bife mal passado. Eu sei o que cada um gosta”, afirma.

Para divulgar o cardápio do dia, Vera não possui Instagram ou página no Facebook, mas envia a cada um de seus contatos via WhatsApp, inclusive com foto, por meio de lista de transmissão. O restaurante funciona de segunda a sábado, somente para almoço, e atende diferentes tipos de público. “No sábado, por exemplo, vem mais família, e durante a semana o pessoal que trabalha”, conta. “Mas não só por aqui. Tem gente que vem do Goiabeiras, de Várzea Grande, só pra comer minha comida”, finaliza.

Buffet de saladas é a vontadeVera Lúcia

Da Redação - Isabela Mercuri

Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.