Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

De janeiro a setembro deste ano, os casos de febre chikungunya aumentaram 116% quando comparados com o mesmo período do ano passado. As informações são da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) e constam no boletim epidemiológico divulgado pelo órgão. Ao todo, foram registrados 2.999 mil casos da doença em 2017.
De acordo com o governo, a análise dos casos apontou que no estado 107 municípios ainda não registraram casos e são considerados 'silenciosos' para a doença. Até a o dia 2 deste mês , 34 municípios haviam notificado casos da doença.
Um dos casos, em Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá, que evolui para óbito é investigado pela Saúde.
Segundo a Vigilância Epidemiológica, a falta de saneamento básico, cuidados domiciliares e o início do período chuvoso no mês de outubro, podem propiciar o aumento dos números de criadouros do Aedes aegypti. Com isso, ocorre a necessidade do alerta para aumentar a atenção e os cuidados com essas doenças transmitidas por este vetor.
Em relação à dengue, foram notificados 9.725 casos da doença até setembro. Em comparação com o ano passado, o número representa uma redução de 64% no número de casos. Em todo o estado, 92 município notificaram casos. Não há confirmação de mortes por dengue. Entretanto, 12 casos são investigados.
Por G1 MT


Marcadores:

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.