Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Foto: Globo EsporteO Fluminense conseguiu uma classificação heróica nesta quinta-feira, em Quito. Mesmo com a derrota por 2 a 1 para a LDU-EQU, tradicional carrasco da equipe em mata-matas, os tricolores avançaram às quartas de final da Copa Sul-Americana pelo gol feito fora de casa. Agora, a equipe das Laranjeiras terá pela frente o rival Flamengo na próxima fase da competição.
O Fluminense foi até bem no primeiro tempo e manteve a LDU controlada. No entanto, na etapa final, os donos da casa aproveitaram as falhas de marcação da defesa tricolor para marcar com Barcos e Cevallos. Só que, nos minutos finais, Pedro fez o gol que classificou os tricolores.
O Fluminense surpreendeu no início e começou melhor a partida. Logo aos três minutos, Peu aproveitou cruzamento e cabeceou na trave. O susto fez a LDU acertar a marcação em sua defesa para parar o ataque tricolor.
Aos poucos, a LDU passou a dominar a partida, mas tinha dificuldade em criar boas jogadas. Na melhor chance, aos 14 minutos, Barcos aproveitou cruzamento e cabeceou para fácil defesa de Julio Cesar.
O confronto seguia em ritmo acelerado, com a alternância de domínio entre as equipes. No entanto, tanto LDU quanto Fluminense erravam muito no setor ofensivo e levavam pouco perigo ao adversário. Somente aos 31 minutos, os donos da casa conseguiram uma boa oportunidade para abrir o placar. Após cruzamento, Betancourt finalizou sozinho, só que para fora. A bola passou muito perto da trave tricolor.
O panorama da partida seguia a mesma. No entanto, o Fluminense errava muito e aos 38 minutos proporcionou contra-ataque a LDU. Cevallos recebeu passe na área e chutou para grande defesa de Julio Cesar. Nos minutos finais, os tricolores conseguiram segurar a posse de bola e o empate até o intervalo.
No segundo tempo, a LDU voltou melhor e criou sua primeira chance aos sete minutos. Após cobrança de escanteio, Barcos cabeceou para boa defesa de Julio Cesar. A resposta do Fluminense veio em seguida. Em contra-ataque rápido, Scarpa foi lançado, entrou na área, mas acabou travado antes da finalização.
Só que aos 12 minutos, a LDU chegou ao gol. Barcos foi lançado pro Cevallos na área e cabeceou sem chance para Julio Cesar. Com o resultado, os equatorianos, pelo menos, já levavam o confronto para os pênaltis.
No entanto, os donos da casa cresceram de produção e chegaram ao segundo gol aos 15 minutos. Anderson Julio cruzou rasteiro pela direita e achou Cevallos livre na área. O meia chutou no canto, longe do alcance de Julio Cesar, para colocar a LDU mais próxima da classificação.
Com a vantagem no placar, a LDU diminuiu o ritmo e passou a aguardar o Fluminense em seu campo de defesa. Mesmo com mais posse de bola, os tricolores continuavam com os erros ofensivos e não levavam perigo ao gol de Nazareno.
O Fluminense só conseguiu assustar aos 32 minutos, em cobrança de falta de Scarpa para fora. A resposta da LDU veio dois minutos depois, com Quintero. O meia aproveitou cruzamento, mas chutou por cima do travessão. Depois, foi a vez de Bolaños arriscar de longe e obrigar Julio Cesar a fazer boa defesa.
Na parte final da partida, quando parecia que a eliminação era certa, o Fluminense chegou ao gol da classificação, aos 41 minutos. Após cobrança de escanteio, a bola chegou em Pedro, que cabeceou para a rede.
Após o gol, os cariocas passaram a se defender com todas as forças. A LDU foi para cima no desespero e não conseguiu o terceiro. Com isso, o Fluminense pôde comemorar a classificação para as quartas de final da Sul-Americana. 
 Gazeta Esportiva
Marcadores:

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.