Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT


Um motorista que fazia a travessia em balsa entre os estados do Acre e Rondônia foi assassinado pelo funcionário da embarcação, que pertence ao grupo do ex deputado Roberto Dormer.

A vítima levou vários golpes de faca após discutir com o funcionário, acontece que o valor cobrado pela travessia teria sido errado, com R$ 30 a menos que o devido. O erro teria partido da funcionária que fica no guichê as margens da rodovia e é esposa do suspeito, que fugiu do local.

A Polícia Civil ainda não confirmou a identidade da vítima e o grupo econômico de Roberto Dormer ainda não falou sobre o caso. O suspeito poderá responder por homicídio qualificado, com agravantes como "motivo fútil, crueldade e sem chance de defesa pra vítima“.

O estranho que deixou a população revolta na balsa foi a chegada da polícia que apenas pegou o corpo e mandou liberar o trânsito sem ouvir os populares que estavam na balsa e presenciaram os fatos.

Da redação 
Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.