Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT



    Os agentes da polícia federal iniciaram nesta quinta-feira (14), a operação Malebolge - em cima das delações realizadas pelo ex-governador peemedebista, Silval Barbosa -, pelo prédio da Assembleia Legislativa.
    Eles cumpriram os mandados nos gabinetes e residências de Romoaldo Júnior (PMDB), Wagner Ramos (PSD), Silvano Amaral (PMDB), Baiano Filho (PSDB), José Domingos Fraga (PSD), Oscar Bezerra (PSB) e Gilmar Fabris (PSD). No local, os agentes isolaram a área e cancelaram o expediente de hoje. 
    As residências dos parlamentares que não residem na Capital, receberam a 'visita', da PF no interior do Estado, como na casa do ex-parlamentar Jota Barreto, em Rondonópolis.
    A operação é fruto das delações premiadas do ex-governador Silval Barbosa (PMDB), da esposa Roseli Barbosa, filho Rodrigo Barbosa (PMDB) e do irmão Toninho Barbosa, além do ex-chefe de gabinete Silvio César. As delação foram homologadas pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF).
Além de várias horas de depoimentos, o ex-governador também apresentou a Justiça diversos vídeos onde aparecem deputados recebendo malotes e malotes de dinheiro de supostas propinas. Uma espécie de mensalinho para que os parlamentsares, em troca, apoiassem os projetos de governo do ex-gestor estadual.
Além dos deputados, o prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) também é alvo de operação. A casa dele foi alvo de mandados de buscas e apreensões por volta das 6h de hoje.
Fonte: UnicaNews
Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.