Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Taques durante a visita de autoridades bolivianasO governador Pedro Taques (PSDB) cobrou o diretor de expansão da Azul Linhas Aéreas, Ronaldo Veras, durante o seu discurso na abertura do 1º Workshop de Aeroportos e Aeródromos Regionais de Mato Grosso, nesta sexta-feira (29), onde os dois estavam presentes, sobre a internacionalização do Aeroporto Internacional Marechal Rondon, localizado em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá). Além disto, revelou que, após isto, buscará uma ligação também com a cidade de Assunção, no Paraguai.Estive já com autoridades bolivianas para conversar sobre internacionalização do aeroporto. A documentação está toda certa, só falta a Azul fazer a sua parte. Este voo para Santa Cruz de La Sierra (Bolívia) vai proporcionar o início de um grande sonho, de transformar o aeroporto de Cuiabá em um hub para a América do Sul. De Cuiabá até a Bolívia é pouco mais de uma hora, de lá para Miami são sete horas”, destacou Pedro Taques.
 
O chefe do Executivo também lembrou que a facilidade para os mato-grossenses será muito maior, já que eles não precisarão mais seguir para São Paulo (SP): “O que vamos fazer em São Paulo se podemos sair daqui e ir para América do Norte ou ir também para Belém e seguir para os Estados Unidos? Portanto, nossa parte foi feita. Precisamos que a Azul ‘dê seus pulos’ também, para que iniciemos este sonho ainda este ano”, cobrou.
 
Por fim, Pedro Taques ainda revelou qual será o segundo destino internacional buscado pelo seu governo: “Depois disto, a nossa intenção é buscar o voo entre Cuiabá e Assunção, no Paraguai, que tem duração de aproximadamente 1h30. Quer dizer, nós estamos estrategicamente bem posicionados e este modal com certeza nos fará crescer ainda mais”.
 
A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorizou a Azul Linhas Aéreas a operar um voo direto entre Cuiabá e Belém (PA). Com isto, os mato-grossenses poderão chegar aos Estados Unidos da América (EUA) em apenas 9 horas. Isso porque esta ligação com a capital paraense fará com que os passageiros tenham uma conexão direta, sem precisar esperar longas horas em outro aeroporto. As viagens começam a ser operadas em 10 de dezembro.
 
O governo da Bolívia autorizou a Azul Linhas Aéreas a operar voo direto de Cuiabá para Santa Cruz de La Sierra. A notícia é comemorada pelo poder executivo mato-grossense, que vê na linha um incremento ao turismo e o comércio entre as duas regiões. De acordo com o secretário adjunto de turismo, Luis Carlos Nigro, a Bolívia passa por um momento de intenso crescimento, demonstrando maior potencial de integração econômica a América Latina.

Da Redação - Wesley Santiago

Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.