Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

abuso sexualA Polícia Militar foi acionada por médicos Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Pascoal Ramos, em Cuiabá, após uma menina de 6 anos dar entrada na unidade com ferimentos na região da genitália, na noite de terça (13).
A menina foi levada pela mãe e, ao passar por exames preliminares, as médicas decidiram acionar o Conselho Tutelar e a polícia, por suspeitar que o caso seria de estupro de vulnerável. 
A mãe alegou à polícia que os ferimentos são decorrentes de uma queda da filha enquanto tomava banho. A mulher argumentou que a menina teria caído em cima de uma embalagem de shampoo.
Ela ainda contou que tem outra filha que teve suspeita de abuso sexual, mas exames médicos comprovaram que não houve abuso. Agentes do Conselho Tutelar conversaram com a criança na UPA, e a menina disse que não se lembrava de ter caído sobre o shampoo.
Após o relato da criança, a mãe e a menina foram encaminhadas para a Central de Flagrantes do bairro Planalto, junto com agentes do Conselho Tutelar para registrar o caso.
Conforme o boletim de ocorrência, a situação foi descrita como estupro de vulnerável consumado. O caso é investigado pela Delegacia de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescentes (Deddica)
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.