Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT


O Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve nesta terça-feira (12) a prisão do ex-comandante-geral da Polícia Militar de Mato Grosso, coronel Zaqueu Barbosa. A decisão foi proferida por unânime pela 5ª Turma da Corte Superior, a qual entendeu que não era cabível o recurso interposto pela defesa do militar. Com isso,  Zaqueu continua preso suspeito de participação no esquema de grampos ilegais no Estado e aumentam os rumores de que ele poderia aderir ao programa de colaboração premiada para deixar a cadeia.
Os ministros Jorge Mussi, Reynaldo Soares da Fonseca, Joel Ilan Paciornik e Felix Fisher seguiram o voto do relator, Ribeiro Dantas, que não conheceu do habeas corpus que pedia a liberdade de Zaqueu. Eles justificaram que o habeas corpus deve ser analisado no mérito, quando, inclusive, haverá espaço para a defesa se manifestar.
Zaqueu Barbosa está detido desde o dia 23 de maio após exibição de uma reportagem pelo programa Fantástico (Rede Globo) em que foi mostrado o esquema de escutas ilegais. Além de Zaqueu, são réus da ação penal o ex-chefe da Casa Militar, coronel Evandro Alexandre Lesco; seu ex-adjunto na Pasta, coronel Ronelson Barros; o coronel Januário Batista e o cabo PM Gérson Correa Júnior.

Notícia da hora

Marcadores:

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.