Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT



Suspeito de matar casal em MT tem prisão decretada; briga por terra seria a motivação do crime
A Polícia Civil de Nossa Senhora do Livramento (42 km de Cuiabá) pediu a prisão de um homem que é suspeito de assassinar a agricultora Terezinha Rios Pedrosa, de 55 anos, e o marido, Aloísio da Silva Lara, de 56 anos, na ultima quarta-feira (06) no sitio que eles residiam, na Gleba União, Região que é conhecida como Mata Cavalo.

Leia Mais: 
Corpo de marido de ex-vereadora não foi liberado por falta de equipamento no IML

O delegado responsável Adalberto Oliveira contou ao Olhar Direto que o suspeito não resida na cidade onde aconteceu o crime, ele apenas teria parentes na zona rural. Entretanto, a identidade do homem não pode ser revelada até que ele seja detido. 
 
Ele ainda contou que a motivação do crime seria uma briga antiga por terras. “O casal havia vendido uma área para o suspeito. Como entrada ele teria dado 17 vacas e uma carretinha para acoplar em carro. Ficou então estabelecido um valor mensal que o homem não estava pagando”, conta.
 
O casal então, teria ido até o homem e tentado desfazer o negócio. “Eles propuseram devolver as vacas e a carretinha para o homem, se ele devolvesse a terra”, ressalta o delegado.
 
O homem teria discutido com o casal e contado que pretendia ficar com as terras. Alguns dias depois, o suspeito não pagou a divida e acabou matando o casal com tiros que acertaram a cabeça e região das costas. Os corpos foram encontrados em estado avançado de decomposição pelo filho do casal.
 
Terezinha, bastante conhecida pelas lideranças da agricultura familiar da região. Além disso, ela também foi candidata à vice-prefeita da cidade, já tendo atuado como secretária municipal.
 Da Redação - Fabiana Mendes

Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.