Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

O vaqueiro José Carlos Leite da Silva, de 39 anos,  teve a prisão preventiva cumprida pela Polícia Judiciária Civil, em Pontes e Lacerda (448 km a Oeste), na quinta-feira (31.08). Ele é  acusado de estupro de vulnerável contra a enteada de 14 anos e a tia da menor. Em 10 de junho ele teve a prisão temporária decretada e cumprida, mas foi posto em liberdade no final dos 30 dias da prisão.

A comunicação do fato ocorreu em março deste ano, quando o padrasto, José Carlos Leite da Silva, de 39 anos, passou a ser investigado pela Polícia Civil, pelo crime de estupro de vulnerável. Ele teve a prisão expedida por cometer violência sexual contra a adolescente, que atualmente está 14 anos, mas era abusada pelo agressor há cerca de dois anos.

José Carlos acordava a vítima durante as madrugadas e a obrigada fazer comida para ele. Depois, cometia os abusos em um cômodo do lado de fora da casa.

Contra essa mesma vítima, em 2012, o suspeito respondeu procedimento de lesão corporal, diante da comunicação da mãe, que informava que o padrasto tinha agredido a menina, à época com oito anos de idade, com um fio de luz. A menina apresentava, por diversas partes do corpo, sinais da agressão.

Da Assessoria
Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.