Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Duas pessoas que atuavam em um garimpo clandestino na região do município de Juruena foram presas em flagrante, na terça-feira (24.10), em operação integrada da Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema), da Polícia Judiciária Civil, Batalhão Ambiental, da Polícia Militar.
A ação foi realizada após denúncia da Secretaria do Meio Ambiente (Sema) sobre um garimpo dentro do Parque Estadual Igarapés do Juruena. Com as informações, as equipes policiais iniciaram as diligências e ao adentrar cerca de 12 quilômetros da entrada da “Fazenda dos Gringos”, que faz divisa com o parque, encontraram oito pessoas trabalhando na extração de ouro.
No momento da chegada das equipes, foram encontrados um trator tipo escavadeira, dois motores estacionários, e um estacionário de energia que estavam em pleno funcionamento. Ainda no local, foram apreendidas uma pistola 380 e 33 munições do mesmo calibre, que estavam escondidos debaixo de um colchão e uma espingarda calibre 36, além de porções de ouro, dinheiro e ferramentas utilizadas na extração de minérios.
Durante os trabalhos, um dos suspeitos se apresentou como dono do garimpo e outro disse ser proprietário do trator que estava em funcionamento do local. Ele disse que a máquina estava no garimpo há aproximadamente 20 dias, emprestada para o dono do garimpo fazer escavação no local.
Diante da situação, os dois suspeitos foram conduzidos a Delegacia de Colniza, onde foi lavrado o flagrante por crime ambiental de explorar economicamente florestas, exploração de produtos florestais sem licença e possee ilegal de arma de fogo e munições.
Fonte: PJC-MT
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.