Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Acusado de assassinar sargento da PM na frente da família é preso no Ceará; vítima estava em sorveteria
Uma operação conjunta das Policias Judiciária Civil de Mato Grosso e Ceará culminou na prisão de Welington Marques Leite, o “Lokinho”, apontado como um dos autores do latrocínio que vitimou o sargento da Polícia Militar, Carlos Venero da Silva, ocorrido em fevereiro deste ano, em Várzea Grande. Anteriormente, outros três envolvidos no crime já haviam sido presos. Este era o único que continuava foragido.As investigações ficaram a cargo da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf/VG). O mandado de prisão contra Welington foi cumprido na quarta-feira (18), em uma operação conjunta com a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Fortaleza, cidade onde o suspeito foi localizado.
 
O crime ocorreu no dia 28 de fevereiro, no bairro São Matheus em Várzea Grande e causou grande repercussão social, uma vez que o policial foi assassinado enquanto estava com a família em uma sorveteria no bairro. Lenilson Ferreira de Campos, 22, e Odenir Araújo de Almeida, 44 anos, são apontados como mandantes do crime, e Anderson Henrique de Pinho, 25 anos, como um dos executores, juntamente a Wellington Marques Leite, que estava foragido.
 
Lenilson, Odenir e Anderson tiveram as ordens de prisão preventiva cumpridas no dia 04 março, pelo roubo seguido de morte (latrocínio). Os mandantes, Lenilson e Odenir, faziam uso de tornozeleiras eletrônicas e foram conduzidos pela Polícia Militar logo após o crime. Foram eles que levaram de carro os comparsas até o local para praticar o assalto, que terminou com a morte do sargento.
 
A delegada Elaine Fernandes da Silva explica que as investigações indicam que foi Welington que efetuou o disparo de arma de fogo contra a vítima. “Após o crime, o suspeito fugiu para o Estado do Ceará, onde residem familiares da convivente dele, e nesta tarde foi preso, no município de Cumbuco, a cerca de 50 quilômetros da Capital Fortaleza”, esclareceu.
 
Elaine aproveitou ainda para enaltecer o trabalho dos investigadores Mário Borges e Adriano Sodré, os quais desde a data do crime realizaram diligências continuadas para localizar o foragido. “Além dos policiais da Derf-VG, gostaria de agradecer a equipe coordenada pelo delegado de Polícia do Ceará, Raphael Vilarinho da Cruz, que não mediu esforços para apoiar a nossa equipe em solo cearense e sem qual certamente seria muito mais difícil a realizar a prisão do foragido”, destacou.
 
Participaram da operação os policiais da Derf-VG, Mario César Oliveira Borges, Adrianno Vieira Sodré, coordenados pela delegada Elaine Fernandes da Silva e os policiais da Derf-Fortaleza, Francisco Heldecy Pereira Lima, Marcos Wagner Lima da Silva, Oziel Pereira dos Santos, Augusto César Moreno de Lavor, coordenados pelo delegado Raphael Vilarinho da Cruz.

Da Redação - Wesley Santiago

Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.