Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

fabio garcia_gilberto leite (1).jpgO deputado federal Fabio Garcia deve ser expulso do PSB na segunda (16), quando os membros do Diretório Nacional da legenda se reúnem em Brasília (DF) para deliberar sobre o processo disciplinar aberto contra ele.
Fabio foi alvo do processo disciplinar, por descumprir o fechamento de questão unânime da Executiva Nacional e do Diretório Nacional do partido ao votar a favor da reforma trabalhista na Câmara dos Deputados, em abril.
Na época da votação, Fabio foi destituído da direção provisória do PSB em Mato Grosso e deve ser o primeiro a ser punido com a expulsão. Conforme apurou o , a expulsão deve se confirmar, uma vez que o presidente do Diretório, Carlos Siqueira, tem apoio de 80% do conselho responsável por avaliar o caso do parlamentar.
Além de Fábio, também são alvos de processos disciplinares os deputados Danilo Forte (CE), Fernando Coelho Filho (PE) e Tereza Cristina (MS).
Os processos disciplinares foram motivados pela pressão dos chamados movimentos sociais do PSB. A Comissão de Ética do partido abriu o processo, ouviu Fabio e outros implicados como infiéis ou rebeldes e agora recomenda a expulsão.
Após a destituição de Fabio e de toda o diretório, o deputado federal Valtenir Pereira retornou à sigla e assumiu o comando regional, para o descontentamento dos deputados e lideranças políticas do PSB, que tentaram reassumir a legenda, como o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes.
Desde então, há um movimento de “debandada” da sigla, que só não se concretizou por conta da fidelidade partidária. Entre os partidos que podem acolher os socialistas descontentes são o DEM, PTB, PSDB e Podemos.
Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.