Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Um grave acidente de trânsito registrado próximo das 19h20, deste domingo, dia 8, na BR – 174 trecho entre Juína e Vilhena – RO, deixou quatro pessoas feridas, sendo uma delas em estado mais grave. Elas retornavam de uma festa que acontecia no distrito de Terra Roxa e próximo do município já em frente ao CDP, o condutor perdeu o controle da caminhonete L-200 Triton e capotou.

Devido à violência do capotamento, o advogado Marcelo Vinicius Faresin de Oliveira, 26, teve o braço direito amputado e seu estado de saúde é considerado grave. Também estavam na caminhonete, Maico Rigotti, 27, Fabio Cleber de Lima, 36, conhecido como “Fabio cacau” e Mario Olivio Pires, 19, que conduzia a Triton.

As vítimas foram socorridas em duas viaturas do SAMU e levadas para a Unidade de Pronto Atendimento – UPA.

Em entrevista ao Juína News e TV Band, a médica plantonista da UPA, Stephanie Parada, falou do atendimento a vítima Marcelo e descreveu como “grave” o seu estado de saúde.

Ao dar entrada na UPA, a vítima que teve seu braço direito amputado no acidente, recebeu hidratação na veia e sangue, havia suspeita de fratura na tíbia esquerda. Ele foi avaliado pelos médicos cirurgião, ortopedista e cardiologista, e depois transferido para UTI com urgência.
Na UTI, será pedido o exame de tomografia de crânio para verificar se há sangramento, raio x para identificar possíveis fratura de tórax ou coluna, o estado de saúde dele é delicado. Marcelo permanece sedado e entubado, será avaliado para poder ver se há necessidade de transferência para fora.

Mario e Maico tiveram escoriações leves, e Fábio Cacau, uma luxação aclomioclavicular.

O boletim de ocorrência foi registrado pela Polícia Militar.

O soldado PM Anderson, informou que não foi possível colher informações com as vítimas devido ao estado de saúde e emocional delas. Testemunhas que estavam no momento em que a PM foi no acidente, não souberam explicar o que poderia ter ocorrido.

O trecho onde ocorreu o acidente está cascalhado e recebeu melhorias.

O caso será investigado pela Polícia Civil.
  •  Fonte: Juína News
Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.