Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Ele chegou a ser atendido pelo Samu, mas sem sucesso
Ele chegou a ser atendido pelo Samu, mas sem sucesso
O aposentado Relindo dos Santos, de 74 anos, morreu na manhã de hoje, 19, no município de Tangará da Serra, a 250 km de Cuiabá. Relindo aguardava ser atendido no pós-operatório na Caravana da Transformação quando passou mal, foi socorrido e sofreu um infarto fulminante. De acordo com os médicos do Samu, o infarto não teve nenhuma relação com a cirurgia de catarata realizada no dia anterior.  As informações foram divulgadas pelo Governo do Estado, que lamentou a morte por meio de uma notaNo documento, a assessoria informa que o Governo do Estado informa que Relindo dos Santos esteve na Caravana da Transformação na terça-feira (17) e passou por consulta com a equipe médica que presta atendimento oftalmológico. No dia seguinte, ele passou pelo procedimento cirúrgico sem qualquer intercorrência, foi orientado e liberado às 7h38 pelos médicos.

Nesta quinta-feira, o paciente retornou para o exame pós-operatório. Ele chegou ao local da Caravana às 5h27 e começou a passar mal às 5h57. Relindo dos Santos foi socorrido por uma equipe médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que estava de plantão na Caravana.

Ele foi levado à Unidade de Pronto Atendimento onde teve um infarto fulminante e faleceu. O Governo do Estado se solidariza com a família de Relindo e informa que prestará todo o apoio necessário aos familiares neste momento de dor.

Da Redação - Patrícia Neves

Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.