Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Foto: Arquivo TV Nazaré de Juína
Os maiores problemas enfrentados na região noroeste de Mato Grosso, em especial em Colniza onde os índices de invasões e desmatamentos são maiores é o controle e combate desse crime pelo IBAMA.
Em algumas ações foram registradas no passado não muito distante a queima de maquinários e equipamentos por agentes do IBAMA, essa prática tem provocado a revolta da sociedade e autoridades.
O Deputado Estadual Oscar Bezerra criticou a atitude do órgão em situações que para ele não respeita a posse das pessoas.
“Eu não vejo quando se prende um carro cheio de cocaína alguém tocar fogo nesse carro, ele vai preso, vai detido, agora o madeireiro trabalhador que muitas vezes tem de tirar uma árvore para sustendar sua família é preso praticamente e consequentemente se queima o equipamento, nós temos que mudar a Lei e foi isso que pedi ao Senador Medeiros e ao Deputado Federal Ságuas Moraes para derrubar esse decreto que não respeita a posse das pessoas” resumiu o parlamentar.
Com relação a essa prática do IBAMA denúncias foram feitas em Brasília por um grupo de Juína e outros municípios do polo de que agentes do IBAMA estariam destruindo equipamentos essa prática é feita conforme determinação e amparo da lei.
O Senador José Medeiros comentou sobre a legislação existente e se comprometeu em fazer gestão para acabar ou alterar o decreto que trata dessa questão.
“O governo federal criou o Decreto que autoriza os agentes do IBAMA a tocar fogo em bens, tratores, caminhonetes, essa coisa toda, mas ao nosso ver,  na época em que vivemos não é mais possível isso, eu vou chegar em Brasília e fazer uma resolução para acabar com esse Decreto ou no mínimo alterá-lo” disse o senador.
Fonte: Cleber Batista JNMT
Marcadores: , ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.