Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Divulgação

A motivação da comunidade tem ajudado na cobrança às 

autoridades para que não reduzam o ritmo pela melhoria de acesso a toda região


Autoridades regionais, estaduais e federais se reuniram no município de Colniza na última sexta-feira (20) em mais um encontro sobre a BR-174.
A reportagem do site JNMT percorreu a rodovia, durante o trajeto pegamos chuva pelo caminho, e é com essa preocupação de dificuldades geralmente registradas na época das águas que motiva a população a unir forças pela melhoria da rodovia federal.
Já no município de Colniza a comunidade lotou o espaço da reunião onde foram destacadas as ações desde o início da luta pela pavimentação asfáltica da BR 174, no trecho entre Colniza e Castanheira da rodovia que é a principal via de acesso a vários municípios da região noroeste. O Deputado Estadual Oscar Bezerra foi uma das autoridades a participar do encontro com a comunidade.
“A audiência foi um sucesso, esse é o maior evento que eu participei no Estado de Mato Grosso, está de parabéns toda comunidade e sou parceiro nessa causa” finalizou.
Desde sua criação no dia 16 de fevereiro de 2017, a Comissão da Frente Parlamentar pela BR-174 tendo como Presidente o vereador, Marcos Vinício tem articulado muitas audiências na região, em Cuiabá e Brasília.
“Eu fiquei feliz com o compromisso das autoridades que estiveram aqui na cidade, a comunidade participou de forma efetiva e essa união é que fará a gente conquistar esse sonho da BR-174” destacou.
O Deputado Federal Ságuas Moraes fez um resumo positivo e destacou que a mobilização tem contribuído de forma significativa para sensibilizar as autoridades a se envolver no compromisso prático para os avanços na rodovia.
“O balanço é positivo, essa mobilização é que está fazendo o projeto andar, tem um estudo ambiental, o convênio com o governo federal está firmado e dependendo do encaminhamento das coisas possivelmente o início da obra ainda ocorra no ano que vem”, previu o deputado.
Para a realização de obras na BR-174 é necessário um estudo completo e nesse estudo parte está relacionado com o levantamento de impactos nas áreas indígenas, durante a reunião comunidades de várias etnias tinham representantes, Ana Angélica Arara, pediu compromisso das autoridades.
O município de Juína tem tido uma participação efetiva na soma de forças pelos municípios da região, o vereador Wilson Locatelli e o vice-prefeito Luiz Brás também participaram da audiência.
Para o Secretário Adjunto da Sinfra do Estado de Mato Grosso, Fábio Calmon a união da comunidade regional pela BR-174 é um exemplo de organização, na ocasião Calmon destacou que o trabalho está ocorrendo de forma positiva.
A motivação da comunidade tem ajudado na cobrança às autoridades para que não reduzam o ritmo pela melhoria de acesso a toda região com a efetivação do asfaltamento da rodovia.
“Estamos unidos, essa conquista do asfaltamento da BR-174 será importante para o desenvolvimento de toda região e não só do município de Colniza” opinou Alexandre Tolim Reis, morador da cidade.  
Entre as várias autoridades presentes no encontro esteve o Senador da República, José Medeiros, o parlamentar federal frisou que a demanda promove um impacto importante na sociedade regional.
Por fim, o bispo da Diocese de Juína, Dom Nerí José Tondello que foi reverenciado durante o encontro como um batalhador pela causa regional, fez um resumo sobre a audiência de articulação, o religioso frisou que espera mais para o próximo encontro.
“A primeira constatação foi a da participação da sociedade civil e o compromisso com a verdade sem as promessas, creio que essa seja a última audiência e a próxima já possamos registrar as máquinas na estrada, outro ponto importante é o respeito e o diálogo com os povos indígenas, isso é fundamental” resumiu o bispo Dom Nerí José Tondello.

Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.