Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Palestra ocorre nesta segunda feira, dia 23 de Outubro. A participação é gratuita, mas é necessário realizar inscrição

  •  Fonte: Assessoria
Foto: Divulgação
Os últimos dias tem sido de muita apreensão por parte dos lojistas e instituições financeiras de Juína ao receber seus créditos por mercadorias ou boletos, principalmente quando feitos com notas de R$ 100,00. É que muitos lojistas tem informado que estão recebendo notas falsas.
A fim de colaborar com comunidade, a Sicredi Univales estará trazendo a Juína o Aparecido Matias Marques, Assessor de Segurança - Central Sicredi Centro Norte, para uma palestra que acontece no dia 23 de Outubro, às 19h30min no auditório da CDL/ASCOM.
IMPORTANTE
É necessária confirmar a participação via reserva: 3566-8800 (Sicredi) 3566-2050 (CDL/ASCOM).
As vagas são limitadas e é recomendada a participação dos proprietários da empresa e de toda equipe que lida com dinheiro, pois serão apresentadas informações e técnicas de como identificar notas falsas.
Veja o que fazer ao receber ou sacar uma nota falsa de dinheiro
O Banco Central regulamentou quais devem ser os procedimentos adotados pelo cidadão que recebeu uma cédula falsa. Segundo o BC, o cidadão não deve aceitar notas ou moedas metálicas suspeitas de falsificação, pois são produtos de ação criminosa. É importante sempre verificar o dinheiro. Caso não identifique os elementos de segurança, a pessoa deve recusar receber a cédula ou moeda.
Se o dinheiro falso for sacado no caixa do banco ou terminal de autoatendimento, o cliente deve procurar qualquer agência do banco do qual é correntista e apresentar a cédula ou moeda. Se sacarem dinheiro suspeito de falsificação, os aposentados ou beneficiários do Bolsa Família que não têm conta em banco precisam fazer a troca em qualquer agência do banco onde pegaram os valores. Em todos os casos, o banco é obrigado a trocar o dinheiro suspeito imediatamente.
De acordo com o Banco Central, se o cidadão recebeu sem perceber dinheiro suspeito de falsificação em outras circunstâncias, como troco no comércio deve procurar qualquer agência bancária e entregar a cédula ou moeda metálica. O banco anotará os dados, nome, endereço, CPF ou CNPJ no caso de ser empresa, e enviará a cédula ou moeda metálica para análise.
  •  Fonte: Assessoria
Marcadores:

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.