Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Palestra ocorre nesta segunda feira, dia 23 de Outubro. A participação é gratuita, mas é necessário realizar inscrição

  •  Fonte: Assessoria
Foto: Divulgação
Os últimos dias tem sido de muita apreensão por parte dos lojistas e instituições financeiras de Juína ao receber seus créditos por mercadorias ou boletos, principalmente quando feitos com notas de R$ 100,00. É que muitos lojistas tem informado que estão recebendo notas falsas.
A fim de colaborar com comunidade, a Sicredi Univales estará trazendo a Juína o Aparecido Matias Marques, Assessor de Segurança - Central Sicredi Centro Norte, para uma palestra que acontece no dia 23 de Outubro, às 19h30min no auditório da CDL/ASCOM.
IMPORTANTE
É necessária confirmar a participação via reserva: 3566-8800 (Sicredi) 3566-2050 (CDL/ASCOM).
As vagas são limitadas e é recomendada a participação dos proprietários da empresa e de toda equipe que lida com dinheiro, pois serão apresentadas informações e técnicas de como identificar notas falsas.
Veja o que fazer ao receber ou sacar uma nota falsa de dinheiro
O Banco Central regulamentou quais devem ser os procedimentos adotados pelo cidadão que recebeu uma cédula falsa. Segundo o BC, o cidadão não deve aceitar notas ou moedas metálicas suspeitas de falsificação, pois são produtos de ação criminosa. É importante sempre verificar o dinheiro. Caso não identifique os elementos de segurança, a pessoa deve recusar receber a cédula ou moeda.
Se o dinheiro falso for sacado no caixa do banco ou terminal de autoatendimento, o cliente deve procurar qualquer agência do banco do qual é correntista e apresentar a cédula ou moeda. Se sacarem dinheiro suspeito de falsificação, os aposentados ou beneficiários do Bolsa Família que não têm conta em banco precisam fazer a troca em qualquer agência do banco onde pegaram os valores. Em todos os casos, o banco é obrigado a trocar o dinheiro suspeito imediatamente.
De acordo com o Banco Central, se o cidadão recebeu sem perceber dinheiro suspeito de falsificação em outras circunstâncias, como troco no comércio deve procurar qualquer agência bancária e entregar a cédula ou moeda metálica. O banco anotará os dados, nome, endereço, CPF ou CNPJ no caso de ser empresa, e enviará a cédula ou moeda metálica para análise.
  •  Fonte: Assessoria
Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.