Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Confiança
Se mantendo no cargo enquanto aguarda julgamento da Justiça Eleitoral, a prefeita Lucimar Campos (DEM), de Várzea Grande, avisou que não está preocupada com  possíveis desgastes políticos. As decisões judiciais que determinaram a cassação de seu diploma e mandato, segundo ela, não levam em consideração o fato de ter sido reeleita com quase 80% dos votos válidos, nas eleições de 2016. Lucimar e seu vice-prefeito José Hazama (PRTB) foram condenados a perda do mandato, em duas ocasiões, pelo juiz Carlos José Rondon Luz, da 20ª Zona Eleitoral. Mesmo assim,  Lucimar e Hazama continuam trabalhando.Lucimar entende que o importante é trabalhar e que seu interesse é fazer o melhor por Várzea Grande. “Se por um acaso Deus achar que eu deva sair, saio. Do jeito que entrei, eu saio”, respondeu Lucimar Campos. A lucidez que vem demonstrando, aliás, é rara para os que enfrentam batalhas semelhantes
Da Redação

Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.