Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

A greve dos enfermeiros do Hospital Regional de Sinop iniciou esta manhã, por causa de atrasos salariais. A informação foi confirmada, há pouco, ao Só Notícias, pela gerente de enfermagem, Francislaine Almeida. Apenas 30% do efetivo continuará no plantão. “A greve é legítima e dentro da lei. Estamos amparados pelo sindicato. Apenas os setores de urgência emergência, Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Centro Cirúrgico e o Centro de Material de Esterilização continuarão com 50% do seu efetivo. São dois meses de salários atrasados e nossos colaboradores querem receber o que é de direito. Eles estão decididos a prosseguir na paralisação”, disse.
O Sindicato do Serviço de Apoio também está na unidade tratando de greve com os demais servidores. “Os funcionários se manifestaram na frente do hospital e na avenida das Itaúbas. Estaremos com o movimento 24 horas. Também trancaremos a avenida por uma hora. Precisamos mostra a real situação do regional”. A unidade reduziu os atendimentos desde o dia 7 de setembro. Segundo o diretor financeiro, Heller Chaves, o último repasse feito pela Secretaria de Estado de Saúde foi referente ao mês de julho e as diferenças de valores são de aproximadamente R$ 28 milhões. A secretaria, por outro lado, informa que tem feito auditoria em alguns valores cobrados.
Conforme Só Notícias já informou, o representante da Fundação de Saúde Comunitária de Sinop, que administra o hospital regional, Wellington Randall Arantes, informou, ontem, para a prefeita Rosana Martinelli (PR), que o governo do Estado se comprometeu a repassar R$ 1,7 milhão para pagamento de funcionários e compra de medicamentos, possibilitando o atendimento das emergências. Com isso, o segundo fechamento da BR-163 como protesto, programado para ontem à tarde, foi suspenso.
 
De acordo com a prefeita, o representante do hospital complementou que, na próxima terça-feira, será realizada uma nova reunião com o governo, em Cuiabá, para tratar do restante dos recursos.
Com a suspensão de muitos atendimentos, a UPA 24 horas mantida pela prefeitura está lotada

Fonte: Só Notícias/David Murba (foto: Só Notícias/Vanessa Fogaça/arquivo)
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.