Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Jazonias Araújo da Silva, 56, foi preso na terça-feira, 17, por uma guarnição da Polícia Militar em uma lanchonete às margens do Rio do Sangue sentido a Juara confessou a autoria do assassinato de seu enteado Cristian Marques de 17 anos e da tentativa do irmão dele de 15 anos na cidade de Juína, Mato Grosso.
Após analisar as provas e a confissão do acusado, o juiz Vagner Dupim Dias, deferiu o pedido de prisão que foi representado pelo delegado de polícia José Carlos Damian.
Porém não foi só os crimes praticado por ele que chocou a população e deixou a família abalada e destruída com tamanha violência. Não contente com a crueldade e covardia, o acusado enviou na noite do velório de Cristian, mensagens via aplicativo WhatsApp para a mãe do menino.
- E ai Lu! Você gostou de ver seus dois filhos mortos? Gostou? Eu amei matar- disse. Ao ouvir esse áudio, familiares ficaram sem chão e muito abalados.
Segundo a família, ela foi enviada por Jazonias próximo de onde ocorria o velório do enteado. Havia outro corpo sendo velado na AME, ao ver os dois caixões, Jazonias teve a conclusão que teria ceifado a vida dos meninos.
Também afirmaram que ouviram aos fundos (som ambiente), da mensagem no whatsApp, a voz de um tio das vítimas que estava no velório.
Essas mensagens foram visualizadas e ouvidas somente no dia seguinte quando o assassino foi preso pela PM.
Em outra mensagem ele diz que está indo embora.
-“Bom Lu, adeus para você. Eu tô indo embora e você vai ficar só na saudade”.
O inquérito policial deverá ser concluído nos próximos dias, outras pessoas poderão ser ouvidas pela polícia.
Jazonias foi encaminhado ontem à noite para o CDP e ficará à disposição da justiça.

  •  Fonte: Juína News
Marcadores:

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.