Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Governo repassa R$ 148,48 milhões de ICMS e Fethab às prefeituras
O Governo do Estado repassou, entre sexta-feira (20) e terça-feira (25), R$ 148,480 milhões aos 141 municípios mato-grossenses. Segundo a Secretaria de Fazenda (Sefaz), os valores são provenientes da arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab).
Do total repassado às prefeituras, R$ 128,480 milhões são da cota do ICMS. Na sexta-feira foram transferidos R$ 85 milhões e mais R$ 43,480 milhões foram encaminhados nesta terça-feira.
Outros R$ 20 milhões são do Fethab e foram transferidos na segunda-feira (23) para que as prefeituras procedam com o abastecimento de combustível para o transporte escolar das redes municipais.
FPM
Componente importante nos orçamentos das prefeituras, o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) já totalizou este ano, até agosto, R$ 1,66 bilhão. A maior fatia é composta pelo ICMS, que representa 82% do total repassado. O imposto responde pela maior arrecadação própria do Executivo, o que coloca o Governo do Estado como sendo o maior transferidor desses recursos para todas as regiões de Mato Grosso. 
Além do ICMS, o FPM é composto pelo Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor (IPVA) e o Fundo Partilhado de Investimentos Sociais (Fupis), ambos estaduais, além do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) e o Fundo de Exploração de Petróleo (FEP), que possuem como fontes o governo federal.
Fonte: Sandra Pinheiro Amorim | Sefaz/MT
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.