Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Na berlindaO presidente da Câmara de Cuiabá, Justino Malheiros (PV), que ameaçou demitir mais de 400 servidores comissionados da Casa, caso a suplementação de R$ 5,7 milhões do Executivo não fosse repassada, ainda não decidiu que destino vai dar aos funcionários do Legislativo. Após uma reunião de emergência – que contou com a presença do prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) -, marcada por trocas de acusações e alfinetadas entre os próprios vereadores, e entre o Legislativo e o Executivo, a principal pergunta não foi respondida: afinal, os servidores estão ou não no olho da rua?

Da Redação

Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.