Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Pai e avô são presos por estupro de criança de dez anos em cidade de Mato Grosso
Pai e avô acusados de estupro de vulnerável contra filha/neta de 10 anos tiveram mandados de prisão temporária cumpridos pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (19), em São Félix do Araguaia (1.200 km a Nordeste). O pai M.L.A.O., 35, e avô, L.B.O., 63, obrigavam a menor a praticar atos libidinosos em diferentes momentos e diversas vezes por dia.As investigações iniciaram após a menor contar sobre os abusos para tia, que procurou o Conselho Tutelar, que denunciou o caso na Delegacia de São Félix do Araguaia. A tia é filha do suspeito L.B.O. e contou que também sofria abusos pelo pai.

A menina passou a ser abusada desde que foi morar na casa do avô paterno, após a mãe abandonar o pai, devido as constantes agressões físicas que sofria. O pai mora próximo ao avô e visitava a menina aos finais de semana, momento em que passou abusar sexualmente da filha.

Em depoimento, a menina contou que os abusos aconteciam tanto durante a noite, quando durante o dia. Durante a violência sexual, ela chorava e pedia para que eles parassem, porém eles continuavam até que a satisfação da lascívia.

A menor foi submetida a exame de corpo de delito afim que confirmar a violencia sexual, sendo constatado no laudo que a vítima sofreu manipulação de seus órgãos genitais.

Segundo o delegado Valmon Pereira da Silva, embora os abusos fossem praticados pelos dois suspeitos, eles aconteciam em momentos distintos, sem que pai soubesse da conduta do avô e vice-versa. O delegado representou pela prisão temporária dos suspeitos, decretada pela Justiça e cumprida, nesta quinta-feira (19), pelos policiais da Delegacia de São Félix do Araguaia.

A menor foi retirada do convívio da família natural, ambiente de risco em que se encontrava e a encaminharam para acolhimento provisório na casa de amparo deste município.

Da Redação - Patrícia Neves

Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.