Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

PM prende três que fugiram durante apreensão de 400 kg de drogas em avião; receberiam R$ 10 mil para enterrar
A Polícia Militar conseguiu prender três dos quatro suspeitos que fugiram durante a apreensão de um avião de pequeno porte carregado com mais de 400 quilos de drogas, no último domingo (15), próximo a Tangará da Serra (244 km de Cuiabá). Os homens confessaram que receberiam R$ 10 mil para receber os entorpecentes e enterrá-los em uma região de mata. Os suspeitos foram identificados como: Ricardo Aparecido dos Santos, 47 anos; Roberto Carlos Pereira, 51 anos e Sindylan Barbosa da Cruz, 28 anos.Narra o boletim de ocorrências (BO) que a PM recebeu informações de que os criminosos que fugiram durante a apreensão de 400 quilos de droga, que estavam em um avião que saiu da Bolívia, estavam tentando pegar carona com caminhoneiros para chegar até a área urbana.  Diante dos fatos, equipes foram até o local e conseguiu prender três suspeitos.
 
Quando questionados sobre o quarto suspeito, os acusados disseram que ele havia conseguido carona horas antes da chegada da polícia ao local, que fica a 140 quilômetros de Tangará da Serra. Um dos militares que participou da ação no domingo (15) reconheceu as três pessoas detidas.
 
Questionados, os suspeitos disseram que receberiam R$ 10 mil cada um para receber a droga e enterrá-la em meio a uma região de mata. Durante checagem, os policiais constataram que haviam mandados de prisão em aberto contra Ricardo Campos e Roberto Carlos. Todos foram encaminhados para a Central de Flagrantes e depois encaminhados para a sede da Polícia Federal, em Cuiabá.
 
O caso
 
Uma ação integrada entre as polícias Militar (PM) e Federal (PF) no município de Tangará da Serra (a 239 km da capital) resultou na apreensão de 420 quilos de entorpecentes no domingo (15). A inteligência alcançou um avião que vinha da Bolívia com o carregamento. A apreensão foi realizada em uma propriedade rural entre os municípios de Tangará da Serra e Reserva do Cabaçal (a 387 km da capital) por volta de 12 horas.
 
Dentro da aeronave foram apreendidas 14 caixas com 30 quilos de substâncias análogas a cocaína em estado ‘cristal’ - forma considerada pura do entorpecente ainda sem mistura. O piloto e copiloto ambos de nacionalidade boliviana, confirmaram a origem da droga e foram presos em flagrante.
 
Ainda com os suspeitos presos F.A.L.L.L, 25 anos, e C.A.A.D, 24 anos, foram apreendidos US$ 2,5 mil e 800 bolivianos (moeda da Bolívia). Segundo eles, o valor em dólar era parte do pagamento pelo transporte da carga, que com a entrega seria concluído com mais US$ 7,5 mil.

Da Redação - Wesley Santiago

Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.