Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT


Profissionais da rede municipal de Educação de Confresa entraram em greve nesta sexta-feira (20). Segundo a vereadora e Presidente Regional do SINTEP, Lucimeire Lázara da Silva, a greve é por tempo indeterminado, os profissionais reivindicam o cumprimento do acordo feito sobre o pagamento dos salários vencidos no mês, e os atrasados deixado pelo ex-prefeito Gaspar Lazari, que foram parcelados em dez vezes, para serem pagos a princípio todo final do mês, depois até o dia 05 e por último o prefeito pediu até o dia 10 do mês e não cumpriu, os salários encontram atrasados e todos estão contrariados.

O atual prefeito Rônio Condão, determinou que fossem cortadas 10% das dedicações exclusivas do cargo, uma espécie de gratificação dos diretores e coordenadores das escolas, porque eles não têm nem hora ou dia para o exercício da profissão, numa assembleia na terça-feira, (17), com o prefeito ficou acertado que eles aceitariam, entendo que o repasse para a educação caiu.

Lucimeira Lázara informou também que já conversou com o Presidente da Câmara, Cristiano do esporte,  que vão reunir com o Prefeito Rônio, para que se ele for tomar atitudes de cortes que seja no geral não priorizando nenhuma categoria, a Vereadora espera que o Prefeito chegando vá tomar as medidas cabíveis e coerentes segundo ela da maneira que está sendo feito é de uma incoerência tremenda. “Tem escolinhas com crianças de três anos de idade que vai ficar, com uma professora só enquanto que o certo seria no mínimo duas dessa maneira não vai ter como funcionar, vamos ter que rever isso aí também”, disse a Vereadora Lucimeire.
Fonte: Agencia da Noticia
Marcadores:

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.