Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

​Temporal deixa mais de 700 casas sem energia há mais de 12 horasA Energisa informou que cerca de 702 clientes ainda estão sem energia elétrica na Grande Cuiabá. Com o temporal, 28 mil unidades consumidoras chegaram a ficar sem luz. Alguns consumidores estão há quase 24 horas sem energia.De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, só com o temporal desta segunda-feira (9), foram registradas: 36 quedas de arvore em via pública; 6 quedas de fios energizados; 5 incêndios em ambientes energizados (rede elétrica); um desabamento de casa e sete vítimas, sendo uma fatal.

Alguns moradores e comerciantes do bairro Santa Rosa ainda permanecem sem energia elétrica e tiveram que providenciar geradores para conseguir trabalhar.

“A falta de energia está afetando muito. Estamos sem energia elétrica, sem internet, não conseguimos usar as máquinas de cartão, sem condições de fazer venda. A gente só conseguiu falar com a Energisa hoje de manhã e disseram que viriam a hora que desse, porque tem muitas ocorrências”, afirmou Ivonete, uma comerciante do bairro.

 A previsão é de que até o início da noite 100% das residências estejam com o fornecimento normalizado. A Energisa afirmou que a ação para restabelecer o fornecimento começou às 17h30.

O contingente de funcionários foi aumentado para conseguir atender a demanda. Em 6 horas de operação, o fornecimento a 25 mil residências já havia sido resolvido. Durante a madrugada mais 3 mil tiveram energia elétrica de volta e ao amanhecer 702 ainda estavam sem energia.

O gerente de operação da Energisa, Sidnei Tavares, afirmou que apenas atendimentos individuais estão sendo feitos agora. Os problemas que afetavam o fornecimento a grandes áreas já foram resolvidos. Nenhum bairro inteiro está sem energia, apenas ruas e residências.

Segundo Sidnei, os ventos com velocidade acima da média causaram muitos danos à rede elétrica. Ele contou que pelo alto número de residências sem energia, muitos clientes ligavam ao mesmo tempo para fazer a comunicação e o callcenter, mesmo com o aumento no contingente, não foi suficiente para atender a todos. Ele afirma que nestes casos, a alternativa ao consumidor pode ser fazer a comunicação pelo aplicativo para Smartphones “Energisa On”.

Da Redação - Vinicius Mendes

Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.